Vieira no olho do furacão (artigo de José Manuel Delgado)

CRÓNICAS DE UM MUNDO NOVO 03-07-2020 15:22
Por José Manuel Delgado

O futebol professional do Benfica passa por um momento particularmente delicado e, embora não possa dizer-se que o clube esteja em crise - mantém estabilidade em todas as áreas- é indiscutível que os tempos mostram-se extremamente exigentes para Luís Filipe Vieira, que paga o preço do estilo ‘one man show’ que escolheu para a sua liderança. 


Nada, no Benfica, das modalidades às finanças, passa ao lado do crivo de Vieira, e esta vertente presidencialista acentuada funciona como moeda de duas caras, para o bem e para o mal. Na hora da glória Luís Filipe Vieira recebe os louros, mas quando os alcatruzes andam na partem mais baixa da nora, também é o Presidente que salta para o olho do furacão.


A acrescentar aos problemas desportivos – uma sequência de dez jogos de Campeonato com apenas dez pontos ganhos em 30 possíveis é algo que os benfiquistas não imaginam, muito menos toleram – surge agora a notícia (e, a propósito, como diziam os anarquistas após o 25 de abril* sobre outras matérias, se o segredo de justiça é uma m…, de quem é a culpa, da m… ou do segredo de justiça?) de que Luís Filipe Vieira foi acusado no processo Lex, que envolve o juiz Rui Rangel, antigo candidato, contra Vieira, à presidência do Benfica. 


A Justiça tem o seu tempo e o seu modo e, agora, como em todas as outras situações anteriores que envolveram vários clubes, não me pronunciarei quanto à especificidade do processo e aos seus méritos e deméritos, exautivamente referidos, aliás, num comunicado dos advogados do presidente do Benfica. Mas é inevitável que constate que esta notícia, que chegou à opinião pública antes de ser comunicada aos advogados de Vieira, (o que só razão à tese dos anarquistas), acrescenta ao karma negativo a imagem presente do líder encarnado. São os resultados desportivos, foi orçamento chumbado e agora é isto, creio que só mesmo o andamento do empréstimo obrigacionista serve de bálsamo a Luís Filipe Vieira.


O que pode fazer, para tentar fugir a esta espiral negativa, o presidente do Benfica? 


Fundamentalmente, e no que à sua presidência diz respeito, precisa de passar para o exterior sinais claros de que sabe o que quer, quem quer para ‘compagnon de route’ e quais os passos imediatos a dar.


E aqui a questão do anúncio do novo treinador é mais importante do que à primeira vista pode parecer. Haverá quem pense que até ao início da época é tempo útil para fazer a escolha. Mas pensa mal. Porque, para o que falta em 2019/20 – e pelo andamento da carruagem o título já é miragem, o segundo lugar deixou de ser certeza absoluta, e a final da Taça passou a ser uma questão transcendente de honra – os jogadores precisam de sentir a pressão do escrutínio sobre o seu trabalho, precisam de saber quem é o patrão para a próxima época e que já estão a ser avaliados por ele.


Com o processo Lex nas mãos e nos meios da Justiça, tudo o que Luís Filipe Vieira pode fazer para tirar pressão à panela onde se encontra, é mostrar firmeza, decisão e capacidade de liderança, apontando soluções para problemas que requerem autocrítica e mudança de paradigma…


*A frase original, que esteve pintada em muitos muros de Portugal depois da Revolução dos Cravos, assinada com um A de anarquistas, dizia assim: «Se o Governo é uma m…, de quem é a culpa, da m… ou do Governo?»   
 

Ler Mais

A PAIXÃO CONTINUA EM CASA


O momento particular que vivemos determina a permanência das pessoas em casa além do fecho de todas as lojas comerciais alterando dramaticamente os hábitos das pessoas no que toca à leitura e ao acesso à informação.

Neste momento de grandes dificuldades para todos, estamos a trabalhar a 100% para continuar a fazer-lhe companhia todos os dias com o seu jornal A Bola , o site ABOLA.pt e no canal A Bola Tv.

Mas este trabalho só vale a pena se chegar aos seus clientes de sempre sem os quais não faz sentido nem é economicamente sustentável.

Para tanto precisamos que esteja connosco, que nos faça companhia, assinando a versão digital de A Bola e aproveitando a nossa campanha de assinaturas.

ASSINE JÁ

Comentários (10)

Últimas Notícias

Mundos