Mercedes muda cor como símbolo de luta contra o racismo

Fórmula 1 29-06-2020 12:28
Por Redação

A Mercedes anunciou, esta segunda-feira, as novas cores dos carros a serem conduzidos por Lewis Hamilton e Valtteri Bottas, já a serem utilizados no próximo domingo, na Áustria. O prata dá lugar ao preto, sendo que a cor não é aleatória, foi escolhida como símbolo da luta contra o racismo. 

 

«Temos orgulho da nossa cultura e valores. Recompensamos cada contribuição individual e os membros da nossa equipa contam uma história de inclusão. Mas percebemos que apenas três por cento dos nossos funcionários pertencem a minorias étnicas e apenas doze por cento são mulheres. Essa falta de diversidade diz-nos que devemos procurar novas abordagens para atrair talentos de áreas da sociedade que não conseguimos alcançar hoje», 

 

O Mercedes W11 2020 terá escrito no chassi a mensagem: End Racism (fim do racismo) e no perfil da auréola #WeRaceAsOne (corremos como um). Porque «o racismo e a discriminação não têm lugar na nossa sociedade e na nossa equipa», sublinhou Toto Wolff, chefe da Mercedes Amg F1.

 

«Sou grato a Toto, especialmente por ter ouvido a minha experiência. Porque já fui alvo de racismo e vi amigos e familiares também o serem. Temos que fazer de tudo para cinsciencializar as pessoas sobre a mudança», realçou Lewis Hamilton. 

 

Ler Mais
Comentários (29)

Últimas Notícias

Mundos