«A vodka tornou-se na minha melhor amiga em Madrid»

Holanda 24-06-2020 18:49
Por Redação

Wesley Sneijder abriu o baú das memórias e, em entrevista à Voetbal International, lembrou a vida boémia que levou enquanto jogador do Real Madrid.

 

«Não me dei conta de que a garrafa de vodka se tinha tornado na minha melhor amiga. Fisicamente não me dei conta. No dia seguinte acordava como se nada tivesse acontecido. Continuei a jogar, mas cada vez pior e claramente menos concentrado. A minha atitude não era digna do Real Madrid. Mentia a mim mesmo dizendo que estava tudo bem e escondi-me na minha inteligência futebolística. Fiquei destruído fisicamente. Era jovem e gostava do êxito e da atenção, mas algo correu mal.

 

- Não consumi drogas, mas álcool e rock and rol… Sim. Acostumei-me a viver como uma estrela. Ia para a rua, gastava milhares de euros, pagava coisas a toda a gente… Não me privei de nada. Fui bastante bom jogador mas dizem que podia ter sido ainda melhor.»

Ler Mais

A PAIXÃO CONTINUA EM CASA


O momento particular que vivemos determina a permanência das pessoas em casa além do fecho de todas as lojas comerciais alterando dramaticamente os hábitos das pessoas no que toca à leitura e ao acesso à informação.

Neste momento de grandes dificuldades para todos, estamos a trabalhar a 100% para continuar a fazer-lhe companhia todos os dias com o seu jornal A Bola , o site ABOLA.pt e no canal A Bola Tv.

Mas este trabalho só vale a pena se chegar aos seus clientes de sempre sem os quais não faz sentido nem é economicamente sustentável.

Para tanto precisamos que esteja connosco, que nos faça companhia, assinando a versão digital de A Bola e aproveitando a nossa campanha de assinaturas.

ASSINE JÁ

Comentários (11)

Últimas Notícias

Mundos