Prorrogado Estado de Emergência em Moçambique

Moçambique 28-05-2020 20:46
Por Álvaro da Costa, Maputo

O presidente da República de Moçambique, Filipe Nyusi, declarou, na noite desta quinta-feira, a prorrogação do Estado de Emergência por mais 30 dias, a contar a partir de 31 de Maio, como forma de combater a propagação do Covid-19, o novo coronavírus.

 

Na sua mensagem à nação, o PR reconheceu o esforço feito por cada cidadão no cumprimento das medidas de prevenção, mas reiterou a necessidade de cumprirem mais à risca com as medidas por forma a mitigar a propagação da pandemia, que já infetou 233 pessoas no país.

 

Filipe Nyusi recomendou para a necessidade de as pessoas ficarem em casa e só saírem à rua em situações estritamente necessárias. Mostrou ainda a sua insatisfação com o comportamento de algumas casas de diversão que ainda insistem em abrir, violando, desta forma, as medidas impostas pelo estado de emergência.

 

Reiterou ainda para o uso obrigatório de máscaras em espaços com elevado aglomerado de pessoas, via pública, nos transportes públicos e privados coletivos e  semicoletivos.

 

Refira-se que o Estado de Emergência que vigorava desde o dia 1 de Maio terminava no sábado, dia 30, período que agora será alargado até ao final do mês de junho.

 

Durante este período, estabelecimentos de diversão continuam encerrados e atividades desportivas (federadas e recreativas) culturais e religiosas suspensas. São estas algumas das medidas que deverão ser cumpridas pelos cidadãos moçambicanos. A atribuição de vistos de viagem para entrada em Moçambique continua igualmente suspensa.

 

Na sua declaração à nação, Filipe Nyusi fez ainda saber que os próximos 15 dias serão determinantes para decidir se mantém o nível 3 de Estado de Emergência ou se endurece as medidas, ou seja passar para o nível 4 que é de Lockdown (confinamento total).

Ler Mais

A PAIXÃO CONTINUA EM CASA


O momento particular que vivemos determina a permanência das pessoas em casa além do fecho de todas as lojas comerciais alterando dramaticamente os hábitos das pessoas no que toca à leitura e ao acesso à informação.

Neste momento de grandes dificuldades para todos, estamos a trabalhar a 100% para continuar a fazer-lhe companhia todos os dias com o seu jornal A Bola , o site ABOLA.pt e no canal A Bola Tv.

Mas este trabalho só vale a pena se chegar aos seus clientes de sempre sem os quais não faz sentido nem é economicamente sustentável.

Para tanto precisamos que esteja connosco, que nos faça companhia, assinando a versão digital de A Bola e aproveitando a nossa campanha de assinaturas.

ASSINE JÁ

Últimas Notícias