Avança corte de 70 por cento nos salários de plantel e direção

Atlético Madrid 02-04-2020 14:51
Por Redação

O Atlético de Madrid ativou o mecanismo que permite a viabilidade financeira do clube perante o Covid-19 e, sem receitas, haverá um corte de 70 por cento dos salários do membros da equipa principal, onde atua João Félix, e da Comissão da Direção enquanto durar o estado de emergência em Espanha.

 

O clube ativou o ERTE (Expediente de Regulação Temporária de Emprego), um mecanismo da constituição espanhola, que prevê que, em casos de força maior, sejam implementadas medidas temporárias como a suspensão dos contratos de trabalho ou a redução do tempo laboral.

 

A falta de atividade levou o clube, que tem 500 trabalhadores, a estudar medidas para salvaguardar a viabilidade económica. O dinheiro poupado com os cortes permitirá suportar os salários dos 430 trabalhadores abrangidos pelo ERTE, refere o AS - plantel e diretores suportarão os salários em duas partes iguais.

 

O clube aguardava ontem resposta do plantel para avançar com o corte e o jornal de Madrid refere que a totalidade dos membros do plantel principal subscreveram um acordo interno que define vários cenários, e que depende de como terminar a temporada. 

 

 

Ler Mais

A PAIXÃO CONTINUA EM CASA


O momento particular que vivemos determina a permanência das pessoas em casa além do fecho de todas as lojas comerciais alterando dramaticamente os hábitos das pessoas no que toca à leitura e ao acesso à informação.

Neste momento de grandes dificuldades para todos, estamos a trabalhar a 100% para continuar a fazer-lhe companhia todos os dias com o seu jornal A Bola , o site ABOLA.pt e no canal A Bola Tv.

Mas este trabalho só vale a pena se chegar aos seus clientes de sempre sem os quais não faz sentido nem é economicamente sustentável.

Para tanto precisamos que esteja connosco, que nos faça companhia, assinando a versão digital de A Bola e aproveitando a nossa campanha de assinaturas.

ASSINE JÁ

Comentários (0)

Últimas Notícias