Governo aprova novas medidas de apoio à economia para empresas e famílias

Política 26-03-2020 16:30
Por Redação

O Governo aprovou, esta quinta-feira, em Conselho de Ministros, um novo conjunto de medidas extraordinárias para dar resposta às necessidades das famílias e empresas durante pandemia da doença Covid-19.

 

Em conferência de imprensa, a ministra do Estado e da Presidência, Mariana Vieira da Silva, anunciou a aprovação do adiamento do pagamento dos empréstimos por seis meses. 

 

O ministro da Economia, Siza Vieira, por sua vez, explicou que têm acesso a estas moratórias os particulares «que se encontrem numa situação económica difícil», isto é, «pessoas em situação de desemprego, abrangidas pelo lay-off, pessoas que trabalhavam em entidades que foram encerradas por autoridade de saúde, pessoas em isolamento profilático».

 

Foi também aprovado um decreto-lei de lay-off para proteger postos de trabalho, através de medidas como a redução temporária do período normal de trabalho ou suspensão de contrato de trabalho. 

 

A ministra da Presidência disse ainda que não estão previstas medidas sobre contas domésticas, como luz, água ou gás. A prioridade «são as medidas para manter o emprego».

 

Leia aqui o comunicado integral do Conselho de Ministros.

A PAIXÃO CONTINUA EM CASA


O momento particular que vivemos determina a permanência das pessoas em casa além do fecho de todas as lojas comerciais alterando dramaticamente os hábitos das pessoas no que toca à leitura e ao acesso à informação.

Neste momento de grandes dificuldades para todos, estamos a trabalhar a 100% para continuar a fazer-lhe companhia todos os dias com o seu jornal A Bola , o site ABOLA.pt e no canal A Bola Tv.

Mas este trabalho só vale a pena se chegar aos seus clientes de sempre sem os quais não faz sentido nem é economicamente sustentável.

Para tanto precisamos que esteja connosco, que nos faça companhia, assinando a versão digital de A Bola e aproveitando a nossa campanha de assinaturas.

ASSINE JÁ

Ler Mais

Últimas Notícias