Ronaldinho terá pagado 5 mil euros por passaporte falso

Paraguai 17-03-2020 07:57
Por Redação

Os passaportes que Ronaldinho Gaúcho e o seu irmão, Roberto Assis, usaram para entrar no Paraguai a 4 de março, custaram 5 mil euros cada um, revela o Globoesporte, que diz ter tido acesso ao processo e a depoimentos.

 

Refere-se ainda que o pagamento foi feito em dinheiro pela empresária paraguaia Dalia Lopez, que organizou a viagem do ex-jogador - que teve também ordem de prisão, mas está em fuga desde dia 7.

 

Um dos ouvidos no processo disse que «comprou» os documentos a um funcionário do departamento de Imigração do Paraguai a pedido de Dalia Lopez, que é acusada de liderar um esquema de lavagem de dinheiro e fuga aos impostos.

 

Ronaldinho e Roberto estão presos preventivamente há 11 dias.

 

 

 

A PAIXÃO CONTINUA EM CASA


O momento particular que vivemos determina a permanência das pessoas em casa além do fecho de todas as lojas comerciais alterando dramaticamente os hábitos das pessoas no que toca à leitura e ao acesso à informação.

Neste momento de grandes dificuldades para todos, estamos a trabalhar a 100% para continuar a fazer-lhe companhia todos os dias com o seu jornal A Bola , o site ABOLA.pt e no canal A Bola Tv.

Mas este trabalho só vale a pena se chegar aos seus clientes de sempre sem os quais não faz sentido nem é economicamente sustentável.

Para tanto precisamos que esteja connosco, que nos faça companhia, assinando a versão digital de A Bola e aproveitando a nossa campanha de assinaturas.

ASSINE JÁ

Ler Mais
Comentários (18)

Últimas Notícias