«Há três coisas a que não podemos fugir: morte, impostos e despedimento»

Benfica 27-02-2020 23:20
Por Redação

Durante a conferência de imprensa, no final da partida que, depois de empate a três bolas frente ao Shakhtar Donetsk, ditou o afastamento do Benfica das competições europeias, Bruno Lage foi questionado quanto à segurança do seu cargo no comando técnico dos encarnados.

 

Bruno Lage diz-se tranquilo, explicando que na vida de um treinador há três certeza: «A morte, os impostos e o despedimento.»

 

«Entre mim e vós há duas coisas às quais nunca vamos fugir. A primeira é a morte e a segunda os impostos. A diferença é que, para o treinador, há o despedimento. Por isso, esta é a nossa vida. Para vós é a morte e os impostos, para o treinador é o mesmo e um dia o fim do vínculo com os clubes», atirou.

A PAIXÃO CONTINUA EM CASA


O momento particular que vivemos determina a permanência das pessoas em casa além do fecho de todas as lojas comerciais alterando dramaticamente os hábitos das pessoas no que toca à leitura e ao acesso à informação.

Neste momento de grandes dificuldades para todos, estamos a trabalhar a 100% para continuar a fazer-lhe companhia todos os dias com o seu jornal A Bola , o site ABOLA.pt e no canal A Bola Tv.

Mas este trabalho só vale a pena se chegar aos seus clientes de sempre sem os quais não faz sentido nem é economicamente sustentável.

Para tanto precisamos que esteja connosco, que nos faça companhia, assinando a versão digital de A Bola e aproveitando a nossa campanha de assinaturas.

ASSINE JÁ

Ler Mais
Comentários (71)

Últimas Notícias