Neymar atira-se ao PSG: «A decisão foi deles e não gostei»

Liga dos Campeões 19-02-2020 08:49
Por Redação

Neymar regressou à competição no jogo da Liga dos Campeões com o Borussia Dortmund e foi dele o único golo do Paris Saint-Germain, que saiu derrotado da Alemanha por 1-2. No final, responsabilizou o clube por ter estado tanto tempo sem competir.

 

«É muito difícil estar quatro jogos sem jogar, mas, infelizmente, não foi uma decisão minha. A decisão foi totalmente do clube e dos médicos. Eles tomaram essa decisão e eu não gostei», afirmou o internacional brasileiro, em declarações à RMC Sports.

 

«Tivemos discussões suficientes sobre esta decisões, porque eu sempre quis jogar. Senti-me bem, mas o clube estava com medo. No final, fui eu quem sofreu mais. Entendo o sofrimento parcial do clube, porque não pôde contar comigo nos oitavos de final da Champions dois anos. Respeito as decisões do clube, mas não pode ser assim, porque o jogador sofre», salientou Neymar, atirando: «É difícil jogar 90 minutos sem parar. Se estivesse em melhor forma, teria feito um jogo melhor.»
 

Ler Mais

A PAIXÃO CONTINUA EM CASA


O momento particular que vivemos determina a permanência das pessoas em casa além do fecho de todas as lojas comerciais alterando dramaticamente os hábitos das pessoas no que toca à leitura e ao acesso à informação.

Neste momento de grandes dificuldades para todos, estamos a trabalhar a 100% para continuar a fazer-lhe companhia todos os dias com o seu jornal A Bola , o site ABOLA.pt e no canal A Bola Tv.

Mas este trabalho só vale a pena se chegar aos seus clientes de sempre sem os quais não faz sentido nem é economicamente sustentável.

Para tanto precisamos que esteja connosco, que nos faça companhia, assinando a versão digital de A Bola e aproveitando a nossa campanha de assinaturas.

ASSINE JÁ

Comentários (32)

Últimas Notícias