PGR angolana investiga proprietários de imóveis apreendidos pagos com fundos públicos

Angola 14-02-2020 11:29
Por Redação

A Procuradoria Geral da República (PGR) de Angola está a investigar a propriedade dos imóveis da China International Fund Angola, cuja apreensão foi anunciada na terça-feira no âmbito da recuperação de ativos do Estado angolano.

 

Na última terça-feira, a PGR anunciou a apreensão de mais de mil imóveis inacabados, edifícios, estaleiros e terrenos na urbanização Vida Pacífica e no Kilamba, nos arredores de Luanda, que se encontravam na posse das empresas chinesas China International Fund, Limited (CIF Hong Kong) e China International Fund, Limitada (CIF Angola)

 

"Sabe-se que estes imóveis foram pagos com fundos públicos, mas não estavam na esfera patrimonial do Estado e foi isso que ditou a apreensão", adiantou à Lusa uma fonte da Procuradoria.

Ler Mais

Últimas Notícias