Um mês para Mathieu

Sporting 12-02-2020 08:41
Por Mário Rui Ventura

Jérémy Mathieu vai desfalcar o Sporting  durante, pelo menos, as próximas três a quatro semanas. O central francês de 36 anos, recorde-se, saiu lesionado aos 77 minutos da partida com o Portimonense.

 

Ontem, depois de um dia de folga concedido por Jorge Silas, Mathieu regressou à Academia e viu confirmado o diagnóstico que, logo dentro das quatro linhas, em Alvalade, tinha comunicado ao departamento médico do Sporting: o tendão de Aquiles do pé direito volta a dar dores de cabeça ao jogador.

 

No arranque da preparação para o jogo com o Rio Ave, marcado para sábado, Jérémy Mathieu marcou presença em Alcochete mas apenas para prosseguir o tratamento ao problema físico. Segundo a informação prestada de forma oficial pelo clube, Mathieu apresenta uma tendinopatia no Aquiles direito.

 

Neste tipo de lesão, que já afetou por diversas vezes o central francês, que ainda no Barcelona desenvolveu mesmo um problema crónico naquele tendão, o tratamento é, de facto, simples e começou a ser feito logo no momento da lesão. A zona afetada levou gelo e foi feito logo um tratamento preventivo, de forma a reduzir a inflamação e, consequentemente, as dores inerentes a esta lesão. Daqui para a frente, além de repouso e fisioterapia, Mathieu vai manter o programa individualizado e que, desde sempre, inclui reforço muscular na zona do tendão.

 

De Valência a Barcelona


Tal como o próprio central francês referiu no final do jogo, na zona de entrevistas rápidas, os problemas no tendão de Aquiles do pé direito não são novidade. «Tive muitos problemas quando joguei no Valência», recordou Mathieu, que em 2015 parou pela primeira vez devido a esta lesão.

 

Depois, no Barcelona, o tendão de Aquiles voltou a obrigá-lo a paragem longa, mais precisamente em abril de 2017, quando esteve parado durante dois meses. Foi aí que o defesa ponderou mesmo pendurar as botas, perante o desenvolvimento de um problema crónico, que acabou por ser resolvido através do desenvolvimento de um plano de trabalho personalizado e que continua a ser levado a cabo desde que chegou ao Sporting.


Ainda assim, os problemas físicos têm impedido Mathieu de dar o pleno contributo ao Sporting esta temporada, sobretudo nos últimos tempos. Em novembro, recorde-se, foi uma mialgia de esforço na perna direita que o retirou de dois jogos. Já este mês, foi o joelho, também naquela perna, a apresentar uma tendinite que o retirou do jogo com o SC Braga. E, no regresso, a dor de cabeça de sempre: o tendão de Aquiles.

 

«Problema controlado»

 

Arnaud Bruchard, fisioterapeuta francês que começou a trabalhar com Mathieu ainda no Barcelona, acredita que o problema no tendão de Aquiles, crónico no central francês, não vai obrigar a paragem prolongada como já aconteceu anteriormente.

 

«O Jérémy tem um problema crónico nessa zona, já se falou muito nisso, mas é um problema que está controlado e que nunca gerou qualquer impedimento grave desde que está em Portugal», explica Bruchard a A BOLA, deixando claro que, neste momento, importa, sobretudo, descansar:

 

«Ele tem um plano físico próprio e, com 36 anos, sabe muito bem o que o corpo pede.» 
 

Ler Mais
Comentários (12)

Últimas Notícias