Sensação no Welsh Open fala português: Igor Figueiredo vai defrontar Trump

Snooker 12-02-2020 22:03
Por António Barroso

Os ingleses Judd Trump, Mark Selby, Ronnie O’Sullivan, Kyren Wilson e Shaun Murphy garantiram esta quarta-feira o apuramento para os 16avos de final do Open de Gales, prova da época 2019/2020 do World Snooker Tour a decorrer até domingo, dia 16 do corrente mês, em Cardiff, ao vencerem os jogos dos 32avos, num dia em que um brasileiro garantiu que o idioma de Camões continua a ouvir-se na Motorpoint Arena e ganhou direito a defrontar o número um mundial.

 

Judd Trump venceu 4-0 e sem problemas o compatriota Billy Joe Castle. O número um e campeão mundial (2019) anotou uma centenária (121 pontos) e mais duas entradas ganhadoras (71 e 67 pontos). Defronta quinta-feira a grande sensação do Welsh Open… que fala português e ascendência lusitana: o 14 vezes campeão brasileiro Igor Figueiredo, de 42 anos, 108.º do ranking que, em desvantagem por 1-3 operou espetacular reviravolta e bateu (4-3) o inglês Mark Davis, de 47 anos, 31.º da tabela.

 

Entradas de 50 pontos na segunda partida, para o 1-1, de 98 pontos na quarta, para encostar a 2-3, de 75 pontos para o 3-3 e break de 57 pontos na negra resumem a qualidade e a garra deste carioca, adepto do Flamengo de JJ, que reside em S. Paulo mas passa o ano em Inglaterra para competir ao mais alto nível com êxito... estrondoso neste dia.

 

Já o suíço e lusodescendente (mãe madeirense) Alexander Ursenbacher despediu-se esta quarta-feira da Motorpoint Arena, batido pelo tailandês Noppon Saengkham (1-4).

 

Mark Selby, de 36 anos, número quatro do ranking e tricampeão mundial (2014, 2016 e 2017) não teve contemplações ante o chinês Chen Zifan (4-1), com entradas de 51 e 68 pontos no melhor. Segue-se o compatriota inglês (ascendência de Hong Kong) Andy Lee, de 39 anos, 98.º da hierarquia, quinta-feira, nos 16avos de final.

 

Na sessão noturna, Ronnie O’Sullivan, de 44 anos, quinto da hierarquia e pentacampeão mundial (2001, 2004, 2008, 2012 e 2013) derrotou por 4-2 e também nesta 2.ª ronda Stuart Carrington, de 29 anos, 46.º da tabela mundial. Exibição muito enferrujada e titubeante do Rocket, que só se viu após o rival quase fazer o 1-3 na quarta partida, mas Stuart acusou a pressão e falhou vermelha.

 

Entradas de 60 e 52 pontos foram o melhor de Ronnie até ao frame final, em que, já com os motores a carburar e medidas tiradas à mesa, arrancou entrada de 96 pontos para fechar um jogo em que muito abanou a cabeça em sinal de frustração. Quinta-feira, já nos 32 melhores, O’Sullivan terá pela frente o compatriota inglês Anthony Hamilton, de 48 anos, 49.º da tabela.

 

Já Shaun Murphy, de 37 anos, 10.º da tabela (e campeão mundial em 2005) sofreu mas operou reviravolta - de 2-3 para 4-3 - Alfie Burden, 43 anos, 76.º da hierarquia. Segue-se no caminho, quinta-feira, outro compatriota inglês, Ben Woollaston, de 32 anos, 39.º da tabela.

 

Neil Robertson, de 38 anos, segundo da hierarquia (e campeão mundial em 2010), fechou a sessão na Motorpoint Arena a vencer (4-2) o inglês Mark Joyce, de 36 anos, 69.º da hierarquia: arrancou com a 700.ª centenária da carreira (135 pontos) logo a abrir. À espera do australiano nos 16avos estava já o tailandês Noppon Saengkham, de 27 anos, 40.º da tabela.

 

Na 3.ª ronda, a obstar ao poderio da armada inglesa (à qual há ainda a juntar Kyren Wilson), estão, além do australiano que venceu duas das últimas três provas da época, também John Higgins. O escocês, de 44 anos, sexto da hierarquia (e tetracampeão mundial, 1998, 2007, 2009 e 2011) venceu Ken Doherty por 4-1 e defronta o chinês Xiao Guodong nos 16avos. Mas há ainda um às entre os atletas da casa, Mark Williams, além de outro da Irl. Norte, Mark Allen… e Ding Junhui entre o contingente da China.

 

Em jogo no Welsh Open, torneio pontuável para o ranking e da época 2019/2020 do World Snooker Tour, está um prémio de £70 mil (€82.939) para o campeão e total de £405 mil (€479.861) de verbas a distribuir. Os encontros são à melhor de sete parciais até aos oitavos, que, como os 16avos, serão jogados também quinta-feira, dia 13 do corrente mês, na sessão noturna (19 horas): vence quem chega a quatro (de 4-0 a possíveis 4-3).

 

Principais jogos da 2.ª ronda, esta 4.ª feira (apurados a negro):

Mark Selby-Chen Zifan, 4-1

Ricky Walden-Ding Junhui, 1-4

Billy Joe Castle-Judd Trump, 0-4

Shaun Murphy-Alfie Burden, 4-3

Mark Williams-Jordan Brown, 4-2

Mark Allen-James Wattana, 4-0

Stuart Carrington-Ronnie O’Sullivan, 2-4

Liam Highfield-Kyren Wilson, 2-4

Ken Doherty-John Higgins, 1-4

Igor Figueiredo-Mark Davis, 4-3

Neil Robertson-Mark Joyce, 4-2

 

Principais jogos dos ‘16avos’, 5.ª feira (hora local e de Portugal continental):

Jimmy Robertson-Ding Junhui (10 horas)

Mark Allen-Dominic Dale (10 horas)

Shaun Murphy-Ben Woollaston (10 horas)

Mark Selby-Andy Lee (13 horas)

Anthony Hamilton-Ronnie O’Sullivan (13 horas)

Mark Williams-Anthony McGill (13 horas)

Xiao Guodong-John Higgins (13 horas)

Neil Robertson-Noppon Saengkham (14.30 horas)

Igor Figueiredo-Judd Trump (14.30 horas)

A PAIXÃO CONTINUA EM CASA


O momento particular que vivemos determina a permanência das pessoas em casa além do fecho de todas as lojas comerciais alterando dramaticamente os hábitos das pessoas no que toca à leitura e ao acesso à informação.

Neste momento de grandes dificuldades para todos, estamos a trabalhar a 100% para continuar a fazer-lhe companhia todos os dias com o seu jornal A Bola , o site ABOLA.pt e no canal A Bola Tv.

Mas este trabalho só vale a pena se chegar aos seus clientes de sempre sem os quais não faz sentido nem é economicamente sustentável.

Para tanto precisamos que esteja connosco, que nos faça companhia, assinando a versão digital de A Bola e aproveitando a nossa campanha de assinaturas.

ASSINE JÁ

Ler Mais
Comentários (0)

Últimas Notícias