Morreu infetado o médico chinês que alertou para o novo coronavírus

China 06-02-2020 17:23
Por Redação

Li Wenliang, um dos médicos chineses que tentou alertar a comunidade médica para a possibilidade de se estar perante um novo vírus quando apareceram os primeiros casos de pneumonia atípica em Wuhan, morreu, esta quinta-feira, depois de contrair o novo coronavírus (2019-nCoV).

 

Li Wenliang, 34 anos, era oftalmologista e trabalhava num dos principais hospitais de Wuhan.

 

No final de dezembro, Wenliang encontrou uma série de casos com sintomas semelhantes aos encontrados num paciente com gripe, bem como com aqueles que contraíram o SARS em 2003. O médico conferenciou com alguns colegas para que sugerissem aos seus pacientes que utilizassem roupa para se protegerem da possível infeção.

Quatro dias depois foi visitado pelas autoridades chinesas, que o acusaram de ter espalhado rumores e perturbado gravemente a ordem social.

 

Só a 20 de janeiro é que as autoridades sanitárias chinesas confirmaram que o vírus responsável pelo surto de pneumonia era transmissível entre humanos e que já tinha infetado profissionais de saúde.

 

Quando Li Wenliang tentou alertar a comunidade médica para uma possível epidemia, existiam menos de 10 casos confirmados.

 

Segundo o último balanço desta quinta-feira, já foram detetados 28.268 casos e o novo coronavírus já matou 563 pessoas na China e 565 em todo o mundo.

A PAIXÃO CONTINUA EM CASA


O momento particular que vivemos determina a permanência das pessoas em casa além do fecho de todas as lojas comerciais alterando dramaticamente os hábitos das pessoas no que toca à leitura e ao acesso à informação.

Neste momento de grandes dificuldades para todos, estamos a trabalhar a 100% para continuar a fazer-lhe companhia todos os dias com o seu jornal A Bola , o site ABOLA.pt e no canal A Bola Tv.

Mas este trabalho só vale a pena se chegar aos seus clientes de sempre sem os quais não faz sentido nem é economicamente sustentável.

Para tanto precisamos que esteja connosco, que nos faça companhia, assinando a versão digital de A Bola e aproveitando a nossa campanha de assinaturas.

ASSINE JÁ

Ler Mais

Últimas Notícias