«Há um dirigente da 2.ª Circular a tentar desestabilizar-me»

Atletismo 26-01-2020 17:45
Por Redação

João Vieira, atleta do Sporting que este domingo revalidou o título nacional dos 35 km marcha, denunciou tentativas de desestabilização durante a prova disputada em Porto de Mós.

 

Em declarações aos jornalistas, João Vieira apontou o dedo a «um dirigente [de um clube] da 2.ª Circular»: «Não gosta de perder e está a tentar desestabilizar-me e denegrir a minha imagem.»

 

«É mais um título que fica no meu palmarés, mas nem tudo foi positivo hoje [domingo]», lamentou, sem querer nomear o alvo das acusações, salientando, contudo, ser algo que «já vem do ano passado.»

 

«Isto está a tirar-me um bocado do sério. Eu trabalho corretamente, faço o meu melhor, respeito os outros. Quando ganho, sinto-me satisfeito, trabalho diariamente para isso. Pelos vistos há pessoas do outro lado da 2.ª Circular que não estão a aceitar isso bem e tentam denegrir a minha imagem. Não tenho a culpa que as pessoas não saibam perder», frisou, atirando: «Se não me respeitam, vão dar-se muito mal.»

 

No setor feminino, o título nacional foi para Vitória Oliveira, do SC Braga.

A PAIXÃO CONTINUA EM CASA


O momento particular que vivemos determina a permanência das pessoas em casa além do fecho de todas as lojas comerciais alterando dramaticamente os hábitos das pessoas no que toca à leitura e ao acesso à informação.

Neste momento de grandes dificuldades para todos, estamos a trabalhar a 100% para continuar a fazer-lhe companhia todos os dias com o seu jornal A Bola , o site ABOLA.pt e no canal A Bola Tv.

Mas este trabalho só vale a pena se chegar aos seus clientes de sempre sem os quais não faz sentido nem é economicamente sustentável.

Para tanto precisamos que esteja connosco, que nos faça companhia, assinando a versão digital de A Bola e aproveitando a nossa campanha de assinaturas.

ASSINE JÁ

Ler Mais
Comentários (24)

Últimas Notícias