Serviços secretos identificaram 550 militares de extrema-direita

Alemanha 26-01-2020 13:21
Por Redação

Os serviços de informações militares das Forças Armadas da Alemanha, MAD, identificaram 550 militares no ativo que estão sob suspeita por ligações à extrema-direita, segundo revelou o chefe daqueles serviços, Christof Gramm.

 

A maior parte das situações são novos e foram identificados em 2019, revelou o o responsável, numa entrevista publicada na edição de hoje do diário alemão Die Welt.

 

A presença de militares extremistas é especialmente relevante na força de elite KSK, onde foram localizados e afastados 20 casos suspeitos, número que, proporcionalmente, é cinco vezes superior ao resto das Forças Armadas.

Ler Mais

Últimas Notícias