«Em cinco anos, Frederico Varandas nunca cobrou um cêntimo»

Sporting 24-01-2020 11:35
Por Redação

Miguel Braga, responsável de comunicação do Sporting, reagiu, em nota publicada no site do clube, à notícia que dá conta de que o tratamento aos atletas leoninos é realizado por médicos da clínica de Frederico Varandas.

 

Sublinhando tratar-se de nova tentativa de atacar a idoneidade do presidente do clube, esclarece-se que, «de facto, os atletas do clube são tratados» por médicos da clínica de Varandas, mas também de muitas outras, incluindo a Clínica do Dragão.

 

«Mais, os médicos do Sporting Clube de Portugal não trabalham em exclusividade no clube, tal como se passa em todos os departamentos médicos dos outros clubes em Portugal. Esta é a regra», salienta Miguel Braga, recordando que Bruno de Carvalho «quis fazer um protocolo para oficializar esta parceria, situação recusada por Frederico Varandas que, em cinco anos, nunca cobrou um cêntimo ao Sporting Clube de Portugal.»

 

«E estamos a falar de um departamento médico que tem sido, e continua a ser, uma referência a nível internacional. Ou seja, muita tinta para escrever sobre nada, apenas para atacar o presidente do Sporting Clube de Portugal. Fica a nota», termina o responsável de comunicação dos leões.

 

Nota de Miguel Braga na íntegra:

 

No país do e-toupeira, da Operação Lex, do Apito Dourado, da Mala Ciao, dos passeios de Isabel dos Santos e de tantas outras personagens, tenta-se, mais uma vez, atacar a idoneidade do presidente do Sporting Clube de Portugal. Em causa, uma notícia (com informação “antiga”) a dar conta que os “atletas do Sporting Clube de Portugal são tratados por médicos da clínica de Varandas”. Se é mentira? Não. De facto, os atletas do Clube são tratados por médicos da ComCorpus. Mas também do Hospital da Luz, da CUF Alvalade, da CUF Almada, do Hospor, da Clínica Algododeia, da Clínica Joaquim Chaves, da Clínica Dr. Fernando Póvoas, do Hospital das Forças Armadas e, imagine-se, da Clínica do Dragão. Mais, os médicos do Sporting Clube de Portugal não trabalham em exclusividade no Clube, tal como se passa em todos os departamentos médicos dos outros clubes em Portugal. Esta é a regra. Acrescente-se que o anterior presidente do Sporting Clube de Portugal quis fazer um protocolo para oficializar esta parceria, situação recusada por Frederico Varandas que, em cinco anos, nunca cobrou um cêntimo ao Sporting Clube de Portugal. E estamos a falar de um departamento médico que tem sido, e continua a ser, uma referência a nível internacional. Ou seja, muita tinta para escrever sobre nada, apenas para atacar o presidente do Sporting Clube de Portugal. Fica a nota.

Ler Mais
Comentários (94)

Últimas Notícias

Mundos