FC Porto e V. Guimarães para acertar contas com o passado

Taça da Liga 22-01-2020 09:11
Por Redação

Depois de o SC Braga ter batido o Sporting e reservado lugar na final de sábado, hoje é a vez de V. Guimarães e FC Porto medirem forças e decidirem quem será o outro finalista, mas há desde já algo que é garantido: no tal jogo decisivo estará em campo uma equipa que nunca ganhou o troféu, porque se é facto que o SC Braga o ergueu em 2012/2013, nem vimaranenses nem dragões podem dizer o mesmo. Ou seja, na meia-final desta noite ambos procuram dar o primeiro passo (o segundo será vencer a final) para gravar o nome na história.

 

Apesar deste ponto em comum, há uma diferença: o V. Guimarães é um estreante absoluto nestas andanças, nunca esteve em nenhuma final da Taça da Liga nem tão pouco em nenhuma final four, formato em vigor desde 2016/2017; já o FC Porto, que parece ter nesta competição uma espécie de maldição (é o único troféu nacional que nunca conseguiu conquistar), já perdeu nada menos do que três finais: a primeira em 2009/2010 (0-3 com o Benfica), a segunda em 2012/2013 (0-1 com o SC Braga, precisamente) e 2018/2019, ou seja, na época passada (1-1 após prolongamento e 1-3 no desempate por grandes penalidades com o Sporting), com Sérgio Conceição no banco - o técnico de 45 anos lembrou ontem que desde que está no FC Porto nunca perdeu nesta prova em «jogo jogado», o que é verdade (em 2017/2018 também só caiu nos penáltis, na meia-final com o Sporting).

 

E se lhe dissermos que Ivo Vieira, 44 anos, também já perdeu uma final da Taça da Liga? É preciso puxar um pouco mais pela memória, mas foi em 2014/2015. O Marítimo venceu na meia-final, no Funchal, o FC Porto de Julen Lopetegui (2-1) e conquistou presença inédita no jogo decisivo, em Coimbra, caindo diante do Benfica de Jorge Jesus (1-2). Ou seja, ambos os treinadores têm contas a acertar com o passado nesta competição.

 

As duas equipas (e não esquecer que o FC Porto está ferido no orgulho pela derrota caseira com o SC Braga para o campeonato, que deixou a turma azul e branca a sete pontos do Benfica...) defrontaram-se uma vez esta época, para a Liga (4.ª jornada), mas já vai algum tempo (foi a 1 de setembro de 2019) e a partida, que os dragões venceram por 3-0 em casa, ficou marcada pela expulsão de Tapsoba logo no primeiro minuto, conforme recordou ontem Ivo Vieira.

Equipas prováveis:

V. Guimarães - Douglas; Victor Garcia, Tapsoba, Pedro Henrique e Florent; André, Pepê e Lucas Evangelista; Marcus Edwards, Léo Bonatini e Davidson.

FC Porto - Marchesín; Manafá, Mbemba, Marcano e Alex Telles; Uribe, Otávio e Danilo; Corona, Soares e Marega.

Ler Mais

A PAIXÃO CONTINUA EM CASA


O momento particular que vivemos determina a permanência das pessoas em casa além do fecho de todas as lojas comerciais alterando dramaticamente os hábitos das pessoas no que toca à leitura e ao acesso à informação.

Neste momento de grandes dificuldades para todos, estamos a trabalhar a 100% para continuar a fazer-lhe companhia todos os dias com o seu jornal A Bola , o site ABOLA.pt e no canal A Bola Tv.

Mas este trabalho só vale a pena se chegar aos seus clientes de sempre sem os quais não faz sentido nem é economicamente sustentável.

Para tanto precisamos que esteja connosco, que nos faça companhia, assinando a versão digital de A Bola e aproveitando a nossa campanha de assinaturas.

ASSINE JÁ

Comentários (13)

Últimas Notícias