«Disputar a final na nossa cidade seria fantástico»

SC Braga 20-01-2020 13:00
Por Redação

Micael Sequeira, oficialmente treinador principal do SC Braga - e por isso em conferência de imprensa em vez de Rúben Amorim, uma vez que se trata de uma prova oficial da Liga -, disse que a equipa não quererá deixar passar a oportunidade de estar na final da Taça da Liga, sendo a última vez que a final-four se realiza na cidade. «Se não conseguirmos seria uma desilusão, obviamente». A equipa defronta o detentor do Troféu, o Sporting, esta terça-feira, às 19.45 horas.

 

«Não pensamos que somos favoritos por jogar em casa. É  um jogo importante perante um adversário díficil mas estamos muito motivados e confiantes que a nossa forma de jogar nos permita ir à final. Tratando-se da última aqui na nossa cidade, implica que podemos disputar um título na nossa cidade, era fantástico» disse.

 

O clube celebrou domingo 99 anos de existência, com o presidente António Salvador a pedir que os próximos 12 meses sejam históricos: «Se pediu vitórias? Isso faz parte da cultura do clube, há compromisso grande com a vitória aqui, faz parte do nosso ADN. A mentalidade vencedora faz parte deste grupo.»

 

Quanto à equipa a apresentar frente ao Sporting, Micael Sequeira disse que houve preparação para jogar frente a Bruno Fernandes - apesar da iminência de poder transferir-se para fora - e a equipa vai adaptar-se bem a não poder contar com Palhinha, que está emprestado pelos leões.  

 

«Os que se enquadram melhor são os que vão jogar. O Bruno tem uma forma de jogar que cria variabilidade, o Sporting com ele é mais forte, mas trabalhamos o jogo a pensar nele. Não teremos Palhinha, mas esperamos que a dinâmica coletiva se vá manter - tendo em conta que não há igual ao Palhinha, haverá soluções diferentes. O principal será a dinâmica coletiva e isso vamos conseguir manter», referiu.

 

O treinador não quis dar demasiada importância aos efeitos da vitória do Dragão: «Foi importante, deu três pontos, mas nada mais. Reagimos de uma forma ponderada, o balneário está perfeitamente normal.»

A PAIXÃO CONTINUA EM CASA


O momento particular que vivemos determina a permanência das pessoas em casa além do fecho de todas as lojas comerciais alterando dramaticamente os hábitos das pessoas no que toca à leitura e ao acesso à informação.

Neste momento de grandes dificuldades para todos, estamos a trabalhar a 100% para continuar a fazer-lhe companhia todos os dias com o seu jornal A Bola , o site ABOLA.pt e no canal A Bola Tv.

Mas este trabalho só vale a pena se chegar aos seus clientes de sempre sem os quais não faz sentido nem é economicamente sustentável.

Para tanto precisamos que esteja connosco, que nos faça companhia, assinando a versão digital de A Bola e aproveitando a nossa campanha de assinaturas.

ASSINE JÁ

Ler Mais
Comentários (7)

Últimas Notícias