Adeptos do Zenit em protesto original (vídeo)

Rússia 06-12-2019 18:25
Por Redação

A vitória do Zenit sobre o Dínamo Moscovo (3-0) ficou marcada por um protesto original por parte dos ultras afetos ao conjunto moscovita e do Dínamo. Em causa está o excesso de força policial que tem marcado as últimas semanas do campeonato russo e o apelo dos ultras do Spartak.

 

Aos 40’, os adeptos abandonaram a bancada enquanto gritavam em volta alta: «Somos Zenit e gostamos. Futebol para os adeptos.»

 

Eis o apelo:

 

«No dia 1 de dezembro, nós, adeptos do Spartak, enfrentámos uma agressão injustificada por parte das autoridades da cidade e das agências das forças da lei de São Petersburgo, onde chegámos para apoiar a equipa. Centenas de fãs do Spartak, sem qualquer explicação foram detidos. Três dos quais não regressaram a casa ainda, e um dos líderes do nosso movimento ficou privado do direito de assistir a jogos pelos próximos um ano e meio. Nós, adeptos do Spartak, estamos preocupados com a situação que se está a desenvolver na comunidade russa, não podemos tapar os olhos aos eventos que aconteceram connosco em Rostov, onde enfrentámos a agressão da polícia de intervenção local, não podemos ignorar o facto de que em situações semelhantes as situações ultrapassam a lei, os fãs, e as outras equipas normalmente caem. Os adeptos do Lokomotiv foram sujeitos a detenções em massa em Samara, os adeptos do Zenit enfrentaram brutalidade injustificada da parte das forças da autoridade em Kazan e Ecaterimburgo. Os adeptos do CSKA tiveram os seus direitos constitucionais violados em Tula. Estes eventos em cadeia não parecem aleatórios e sugerem que cada um de nós pode acabar no departamento policial no seguimento de qualquer resultado, independente das cores ou idade. Nós apelamos a todos os fãs que expressem o seu desagrado no minuto 30 das partidas da 19.ª jornada da liga russa para com o que está a acontecer. Somente juntos podemos tirar isso a limpo. Apoiar a nossa equipa não é um crime.»

 

Clique na imagem para ver o vídeo.

Ler Mais
Comentários (1)

Últimas Notícias

Mundos