Representante da Human Rights Watch expulsa do país

Israel 25-11-2019 13:32
Por Redação

O diretor da organização Human Rights Watch para Israel e os Territórios Palestinianos, Omar Shakir, foi expulso do país, tornando-se a primeira pessoa a ser expulsa do território israelita devido a medidas contra uma campanha de boicote ao país.

 

Desde 2017, que Israel proíbe a entrada no país de pessoas que estejam acusadas de apoiarem a campanha Boicote, Desinvestimento, Sanções (BDS) contra o país, mas, segundo o Ministério dos Assuntos Estratégicos israelita, o cidadão norte-americano Omar Shakir é o primeiro a ser expulso devido à medida.

 

O Governo israelita não renovou o seu visto no final de 2018, acusando-o de apoiar o BDS, o que Shakir nega, mas o Supremo Tribunal israelita ratificou a decisão de expulsão.

Ler Mais

Últimas Notícias