Antigo primeiro-ministro acusa Rússia de querer destruir a União Europeia

Montenegro 14-03-2017 15:09
Por Redação
O antigo primeiro-ministro de Montenegro, Milo Djukanovic, acusa a Rússia de querer desestabilizar os Balcãs e destruir a União Europeia.

«A Rússia está a tentar criar uma guerra na Europa, uma que ameaça a própria existência da União Europeia», afirmou numa entrevista à Associated Press.

Várias figuras da política internacional acusam a Rússia de ter planeado o golpe de estado, no dia 16 de outubro de 2016, que visou assassinar Djukanovic.

Este atentado levou Djukanovic a abdicar do seu cargo de primeiro-ministro, o que pôs um travão ao processo de adesão do país à NATO.

A Rússia continua a negar qualquer envolvimento no golpe de estado, embora financie abertamente vários partidos anti-NATO e anti-Europa.
Ler Mais

Últimas Notícias