Estados Unidos evitam derrota com Eslovénia (2-2)

Grupo C 18-06-2010 16:50
Por Redacção
A Eslovénia teve a vitória e o apuramento na mão, ao sair para o intervalo a vencer por 2-0. Reacção fantástica dos Estados Unidos na segunda parte restabeleceu a igualdade no marcador e poderia, mesmo, ter valido o triunfo.


Recorde aqui as incidências da partida.

Espectáculo emotivo no Ellis Park, em Joanesburgo. Eslovénia e Estados Unidos protagonizaram um dos jogos mais intensos deste Mundial até ao momento, com incerteza no resultado até ao apito final do árbitro.

A Eslovénia saiu para o intervalo a vencer por 2-0, com golos de Birsa (13) e Ljubijankic (42), desfecho que garantia desde logo o apuramento para os oitavos-de-final.

Depois de já terem ameaçado marcar no lance que antecedeu o segundo tento esloveno – Brecko tirou o “pão da boca” a Donovan, à boca da baliza –, os Estados Unidos reduziram a desvantagem nos instantes iniciais da etapa complementar, desta feita com Donovan a não perdoar.

Empolgados pelo golo, os comandados de Bob Bradley encostaram o adversário “às cordas” e carregaram à procura do empate, que chegaria através de Michael Bradley, a oito minutos dos 90.

O jogo disputava-se então em sentido único – o da baliza da Eslovénia – e os Estados Unidos acabariam mesmo por fazer um terceiro golo, por Edu, na sequência de um livre cobrado para a área. O árbitro maliano do encontro invalidou o lance, assinalando uma infracção sem justificação aparente.

A Eslovénia soma agora quatro pontos no comando do Grupo C, ao passo que os Estados Unidos totalizam dois na vice-liderança. As duas selecções ficam assim à mercê da Inglaterra – soma um ponto -, que defronta, esta noite, a “lanterna vermelha” Argélia – ainda sem pontuar.

Sob arbitragem de Koman Coulibaly (Mali), as equipas alinharam:

ESLOVÉNIA: Handanovic; Brecko, Suler, Cesar e Jokic; Birsa (Dedic, 87), Koren, Radosavljevic e Kirm; Ljubijankic (Pecnik, 74, Komac, 90+4) e Novakovic.

Suplentes: Dzinic, Ilic, Handanovic, Krhin, Seliga, Filekovic, Stevanovic, Mavric e Matavz.

ESTADOS UNIDOS: Howard; Cherundulu, Demerit, Onyewu (Gomez, 80) e Bocanegra; Donovan, Torres (Edu, 46), Bradley e Dempsey (Feilhaber, 46); Altidore e Findley.

Suplentes: Spector, Beasley, Holden, Bornstein, Clark, Buddle, Guzan, Goodson e Hahnemann.

Disciplina: Cartão amarelo a Cesar (36), Findley (40), Suler (69), Kirm (72) e Jokic (75)

Marcadores: 1-0, Birsa (13); 2-0, Ljubijankic (42); 1-2, Donovan (48); 2-2, Bradley (82)

Resultado final: 2-2
Ler Mais
Comentários (0)

Últimas Notícias

Mundos