Há a necessidade de um compromisso europeu para salvar os superclubes SLB e FCP (artigo de Fernando Tenreiro, 2)

Espaço Universidade 24-05-2019 16:15
Por Fernando Tenreiro

O desporto e o futebol português deveriam reconhecer que a caravana eleitoral europeia tem responsabilidades na defesa dos interesses dos clubes nacionais e não passar ao lado, como foi a actual legislatura.

 

A salvação do SLB e do FCP da voragem dos capitais internacionais, que engoliram os grandes clubes dos grandes países, não é equacionada pelos candidatos a eurodeputados e as instituições do desporto o governo, parlamento, partidos, organizações desportivas, federações, os feitores das leis deixam passar o momento porque têm receio de exercer os direitos do futebol e do desporto nacional.

 

Os grandes clubes nacionais estão a ser prejudicados como o SCP que perdeu valores económicos e desportivos significativos, destruiu mais um campeonato e outros clubes europeus estão a ultrapassá-lo. Sem boas políticas públicas desportivas depois virão as afirmações grandiloquentes, o bater no peito, as altas autoridades, a justiça que nunca lá chega, a GNR e a PSP e será tarde no mercado europeu que é o mais competitivo do mundo.

 

Na Alemanha os 36 clubes profissionais defendem-se e reprovam os modelos propostos pela UEFA por considerarem que afectam os seus campeonatos nacionais. Na Europa dos médios e pequenos países a preocupação é semelhante pela recusa do acesso dos seus maiores clubes á Liga dos Campeões e pela presença de capitais selváticos que compram clubes, endividam-nos e largam-nos mortos, destruindo o capital desportivo, o social e o económico acumulado pelas populações locais que não se souberam defender ou não tiveram instrumentos e líderes íntegros focados no valor criado pelas populações locais.

 

A comunicação social deveria perguntar aos eurodeputados portugueses questões como as três seguintes: como pretendem defender o Benfica e o Porto da voragem dos capitais abutre que usam os grandes clubes europeus na realização de lucros exorbitantes? Como defender o SLB e o FCP tal como o Ajax e outros grandes clubes de países médios e pequenos no seio do Parlamento Europeu? Os eurodeputados vão exigir ao governo nacional e aos seus partidos, uma política desportiva clara e ambiciosa na promoção do futebol português no seio do Modelo de Desporto Europeu?

 

Certamente que os eurodeputados portugueses já terão assistido aos grandes jogos europeus dos clubes nacionais. Certamente que se regozijam com as vitórias do desporto português. Certamente que deveriam também dar o melhor dos seus contributos que nunca se considerará ligeiro na defesa do, desporto, do futebol e da juventude portuguesa que ao protagoniza-los amadurecem e agarram o Mundo.

 

Fernando Tenreiro é especialista em Economia do Desporto

Ler Mais
Comentários (5)

Últimas Notícias