Liga apresenta lucro pelo sétimo ano consecutivo

Liga 27.09.2022 08:07
Por Luís Filipe Simões

Os clubes profissionais do futebol português reúnem-se esta terça-feira em assembleia geral para votarem as contas de 2021/2022, que registam um resultado positivo de 1,128 milhões de euros, mas como um nível de receitas que pela primeira vez na história da Liga será superior a 20 milhões de euros - serão apresentados 21,9 milhões.


Telmo Viana, diretor financeiro da Liga Portugal, sublinha o facto de este ser o sétimo ano consecutivo que o organismo presidido por Pedro Proença apresenta lucro, não deixando, porém, de destacar que neste momento continua a ter de enfrentar um passivo contingente que ronda os 35 milhões, apesar de nos últimos anos esta verba ter vindo a decrescer.


Telmo Viana refere-se a esta dificuldade sem grandes rodeios. «Sempre que falamos das contas, é verdade que temos de valorizar o facto de esta Direção ter herdado, desde 2015, um conjunto de passivos contingentes que têm vindo ao longo de tempo a decrescer, mas que ascendem a pouco mais de 35 milhões de euros. Muita gente se surpreende pelo facto de o maior ser o totonegócio... são quase 17 milhões. Estamos nisto há duas décadas e ainda pende sobre nós esta responsabilidade», diz.
 

Leia mais na edição impressa ou subscreva a edição digital de A BOLA

Ler Mais
Comentários (0)

Últimas Notícias