Francisco J. Marques e o clássico de hóquei em patins: «O apito entupiu para o FC Porto»

FC Porto 26.06.2022 15:55
Por Redação

A vitória do Benfica diante do FC Porto (5-3), no quarto jogo da final do campeonato nacional de hóquei em patins suscitou algumas críticas à arbitragem por parte dos dragões. Depois do treinador do Ricardo Ares ter expressado a incredulidade com o facto das águias terem tido duas faltas em 30 minutos, foi a vez de Francisco J. Marques utilizar as redes sociais para uma reflexão que visou os rivais.


«O campeonato de hóquei em patins vai decidir-se na negra, na quarta-feira à noite, mas o Benfica começou a interferir no jogo decisivo mal acabou a quarta partida, com a tradicional inversão da verdade dos factos, depois de beneficiar de uma arbitragem muito simpática. Ricardo Ares [treinador do FC Porto] não comentou a arbitragem, limitou-se a constatar que em 30 minutos foram apenas assinaladas duas faltas ao Benfica, o que não deixaria de ser surpreendente num jogo amigável quanto mais numa tensa partida de play-off. Aos 16 minutos a contabilidade das faltas estava 8-8, um equilíbrio natural, em sintonia com o histórico dos jogos entre as duas equipas e até em sintomia com o equilíbrio entre os finalistas do campeonato. A partir daí o apito entupiu para o FC Porto e soltou-se para o Benfica. O FC Porto ganhava 1-0 e iniciou-se uma sucessão de faltas só para um lado, tendo o Benfica aproveitado a 10.ª falta para igualar. Nova vantagem para a nossa equipa e mais uma mão cheia de faltas para o Benfica, que empatou com o livre direto da 15.ª falta. Em 15 minutos de jogo um score de 7-0 em faltas, depois do 8-8 dos primeiros 16 minutos. Até que 21 minutos depois chegou a nona falta do Benfica, quando o resultado já era de 4-2. Só quem nunca viu um jogo de hóquei pode achar isto normal.», pode ler-se.


O diretor de comunicação do FC Porto falou também da situação que aconteceu ao intervalo no Pavilhão da Luz, em que Luís Sénica, presidente da Federação Portuguesa de Patinagem, teve de deixar a tribuna presidencial depois dos ânimos terem aquecido com os adeptos.


«Por falar em ver jogos de hóquei, Luís Sénica, presidente da federação de patinagem pode vir ao Dragão Arena assistir ao jogo decisivo, porque não será maltratado, nem incomodado. Os nossos adeptos serão, como habitualmente, inexcedíveis no apoio à equipa», concluiu.

Ler Mais
Comentários (65)

Últimas Notícias