«Não foi fácil para mim não jogar»

FC Porto 23-05-2022 12:30
Por Redação

Sorriso rasgado e assinatura no livro de honra onde constam os nomes dos campeões no museu do FC Porto. O guardião Cláudio Ramos exultou a época dos azuis e brancos, mas não escondeu alguma tristeza por não ter sido opção regular.

O guarda-redes, de 30 anos, cumpriu apenas 179 minutos em dois jogos (um para a Liga e outro para a Taça da Liga), mas destacou, em declarações ao Porto Canal, a importância no plantel: «Ver o nosso trabalho árduo de uma época recompensado e estar aqui nesta cerimónia é o culminar de uma boa temporada. Agora é descansar e voltar na próxima época para repetir. O futebol é desporto coletivo, há jogadores que tem responsabilidade dentro da equipa que não se vê, foi o papel que desempenhei mais, não foi fácil para mim não jogar, mas entrar neste último jogo com o estádio cheio, com o meu filho, foi ótimo. Agora é descansar e o futuro logo se verá.»  

 


 

Ler Mais
Comentários (13)

Últimas Notícias

Mundos