«Maior margem de progressão» leva Tita até Condeixa

Futebol Feminino 05-09-2021 14:58
Por Redação

Praticamente tudo mudou no Condeixa, que tem um plantel renovado na sua grande parte e há novo treinador. Fazendo parte da nova estrutura, Patrícia Dias entende que esta tem o valor e o potencial suficientes.


Repetir a presença do Condeixa nos oito primeiros da época passada é objetivo, mas, Tita, como é carinhosamente chamada, lembrou também, em declarações a A BOLA, que «sendo um projeto começado do 0, é sempre um projeto mais complicado».

 

«Houve uma mudança radical no plantel, assim como em parte da equipa técnica. Porém, o Condeixa procurou reforçar-se de forma a criar uma estrutura consistente para o campeonato que aí se avizinha. 

Uma equipa com valor e potencial sim, uma equipa em que a média de idades é jovem, mas onde a margem de progressão é maior. Vamos fazer por repetir o feito deste clube da época passada, e se possível de melhor forma», realçou. 

 

Tita garantiu, ainda, que a «manutenção o mais cedo possível» é a meta imediata, de preferência começando este domingo com uma vitória na receção ao Vilaverdense, na estreia oficial da Liga BPI: «Sendo o jogo de estreia é normal que o nervosismo seja maior, por parte das duas equipas. Um adversário que também aparentemente se reforçou bem, será um jogo bem disputado.»

 

«Não deixaremos que o nervosismo nos afete durante o jogo. Temos a vantagem de começar o primeiro jogo em nossa casa, iremos tirar proveito disso e entraremos em campo focadas em alcançar os primeiros três pontos deste campeonato», prometeu Tita. 

Ler Mais
Comentários (0)

Últimas Notícias

Mundos