Coates: exemplo de capitão

Sporting 03-03-2021 12:39
Por Eduardo Marques

Decorridas que estão 21 das 34 jornadas da Liga e exceção feita a seis guarda-redes, há um único jogador que atua fora dos postes que se pode gabar de ser totalista na Liga, ou seja, esteve em todos os jogos e cumpriu-os do início ao fim. Falamos de Coates, capitão sportinguista e uma das referências da equipa liderada por Rúben Amorim que está a realizar uma temporada de grande nível, sendo decisivo na defesa e no ataque.

 

Em campo impõe voz de liderança, no balneário reúne respeito entre os mais jovens e também os mais experientes. Nestas quase cinco temporadas e meia que leva de leão ao peito - chegou a Alvalade em janeiro de 2016, quando Jesus quis um central experiente - o internacional uruguaio é também o jogador do atual plantel com mais jogos de leão ao peito (228).
 

Se neste momento Coates se pode orgulhar de ter o estatuto de ser o único totalista da Liga fora dos postes, na época passada teve momentos em que parecia ser visto como o patinho feio. Foram os três penáltis na receção ao Rio Ave, os autogolos, lances que levaram muitos a questionar o que, afinal, sempre ofereceu à equipa: fiabilidade e segurança, sendo um exemplo de jogador e, agora, de capitão. Um líder nato.
 

Leia o artigo completo na edição impressa ou digital de A BOLA.

Ler Mais
Comentários (16)

Últimas Notícias

Mundos