O que 'renderam' as Equipas B: €1115 milhões e muito mais!

Liga 25-02-2021 16:00
Por Redação

A Liga de Clubes divulgou, esta quinta-feira, o estudo Plano B, sobre o aproveitamento das equipas B em Portugal nos últimos oito anos.

 

Entre os vários dados divulgados, o grande destaque vai para a receita gerada por jogadores que passaram por estes conjuntos de formação: FC Porto, Marítimo, SC Braga, Benfica, Sporting e Vitória de Guimarães. Atualmente na Liga 2 só competem FC Porto e Benfica.

 

Feitas as contas, Benfica (€550 milhões), Sporting (€190 milhões), FC Porto (€170 milhões), SC Braga (€141 milhões), Vitória de Guimarães (€60 milhões) e Marítimo (€4 milhões) geraram uma receita total de €1115 milhões. João Félix (€126 milhões para o Atlético de Madrid) destaca-se como a venda mais cara neste período, sendo que esta época, Rúben Dias (€68 milhões do Benfica para o Manchester City), Fábio Silva (€40 milhões do FC Porto para o Wolverhampton) e Francisco Trincão (€31 milhões do SC Braga para o Barcelona) compõem o top 3 dos negócios mais lucrativos.

 

No entanto, as equipas B também têm contribuído para o plantel principal. Desde 2012, cerca de 198 jogadores provenientes dos escalões secundários foram aproveitados (24% dos atletas que jogaram na Liga passaram pelas equipas B), com especial destaque para os seguintes atletas: Otávio (141 partidas pelo FC Porto), Pedro Henrique (129 pelo Vitória de Guimarães), Fransérgio (96 ao serviço do Marítimo), Gelson Martins (92 com o Sporting), Rúben Dias (91 pelo Benfica) e Nikola Vukcevic (76 com a camisola do SC Braga).

 

Eis alguns dos jogadores que passaram por equipas B e se destacaram:

 

FC Porto – Otávio, André Silva, Diego Carlos, Diego Reyes, Sérgio Oliveira, Ricardo Pereira, Gonçalo Paciência.

 

Marítimo – José Sá, Nuno Rocha, Sèrge Kevyn, Marcos Barbeiro, Fábio Abreu, Diney Borges, Fransérgio, Alex Soares, Éber Bessa, António Xavier, Patrick Bauer.

 

SC Braga - Piqueti, Nikola Vukcevic, Xeka, Zé Luís, Francisco Trincão, Pedro Neto, Mauro, Fábio Martins, Bruno Xadas.
 

Benfica – Victor Lindelof, Rúben Dias, Bernardo Silva, Jan Oblak, André Gomes, João Cancelo, Renato Sanches, Gonçalo Guedes, João Félix, Nélson Semedo, Gedson Fernandes, Ivan Cavaleiro, Hélder Costa, Ferro, Ederson.

 

Sporting – Ricardo Esgaio, Gelson Martins, Eric Dier, João Mário, Bruma, Rúben Semedo, Daniel Podence, Domingos Duarte, Pedro Mendes, Jovane Cabral, Carlos Mané.

 

Vitória de Guimarães – Dénis Duarte, Pedro Henrique, Ricardo Pereira, Paulo Oliveira, Al Musrati, Tomané, Falaye Sacko, Raphinha, Josué Sá.

 

Recorde-se que Ricardo Pereira jogou nas equipas B de FC Porto e V. Guimarães.

 

Este novo espaço competitivo para jovens jogadores está, também, a refletir-se na Seleção Nacional. Dos 33 jogadores convocados por Fernando Santos durante o ano de 2020, 20 (61%) passaram por uma equipa B em Portugal. Sendo que existem outras seleções a beneficiar com isto, já que os atletas formados nas equipas secundárias representaram 45 países desde 2012. São 348 internacionalizações no total repartidas por 25 jogadores.

 

Por último, o documento elaborado pela Liga dá também especial destaque às transmissões televisivas. Em 2020/21, todos os jogos da Liga 2 foram transmitidos na televisão, sendo que 29% destes correspondem a equipa B, que beneficiam de um espaço próprio nos canais oficiais dos clubes.

 

Ler Mais
Comentários (14)

Últimas Notícias

Mundos