Uma hora de pé até chegar a Marselha

FC Porto 25-11-2020 08:59
Por António Casanova

A viagem rumo a França fez-se durante a tarde, mas com um atraso que deixou os dragões à beira de um ataque de nervos.

A partida do voo BRO021 da 2Excel Aviation estava inicialmente programada para as 15.30 horas, só que o avião fretado pelo FC Porto apenas levantou da pista do Aeroporto Francisco Sá Carneiro 41 minutos depois do previsto.
 

O pior não foi isso: o que irritou e gerou enorme desconforto aos dragões foi o facto de jogadores e restantes elementos da comitiva portista liderada pelo presidente do clube, Pinto da Costa, terem sido obrigados a passar uma hora de pé no interior da aerogare nortenha até se acomodarem convenientemente nos respetivos lugares do gigante pássaro metálico que os levou até ao sul de França.

 

Essa espécie de penitência desagradável a que tiveram de se sujeitar futebolistas, treinadores, restante staff de apoio à equipa e dirigentes deveu-se a uma inspeção aos procedimentos de segurança da zona VIP do aeroporto de Pedras Rubras, decretada pela Autoridade Nacional de Aviação Civil (ANAC), que coincidiu precisamente com a presença dos azuis e brancos naquele espaço.

 

Apenas após ficar concluída a dita vistoria é que foi dada autorização para a comitiva se encaminhar para o avião que haveria de pousar no Aeroporto Marselha-Provença às 19.20 horas locais (mais uma que em Portugal), numa altura em que a noite já envolvia todo o território francês.

 

Até duas horas do início do jogo, os portistas ficarão confortavelmente hospedados num hotel não muito distante do Vélodrome, envolvidos por uma bolha à prova da segunda vaga pandémica que obrigou Marselha a fechar-se outra vez em casa.

Ler Mais
Comentários (47)

Últimas Notícias