Regresso de público aos estádios será faseado

Liga 01-10-2020 12:22
Por Eduardo Pedrosa Marques

O regresso dos espectadores aos estádios poderá ser uma realidade na presente época desportiva mas… com várias condicionantes. Uma delas será, naturalmente, a restrição do número de adeptos em cada recinto desportivo, sendo que o primeiro teste a esta nova medida será já no próximo encontro entre o Santa Clara e o Gil Vicente.

 

Esta foi uma das novidades dadas hoje por Sónia Carneiro, diretora executiva coordenadora da Liga, numa conferência de Imprensa que decorreu no Estádio Cidade de Coimbra e que contou ainda com a participação de Filipe Froes, médico pneumologista e consultor da Liga.

 

«A primeira fase terá até 1000 espectadores, sem ultrapassar os 10 por cento da lotação do estádio. A segunda fase passará a ter até 2500 espectadores sem ocupar 20 por cento da lotação do estádio. Já a terceira fase permitirá chegar aos 5000 espectadores sem ultrapassar os 30 por cento da capacidade do estádio”, revelou Sónia Carneiro.

 

A diretora executiva da Liga afirmou ainda que o organismo vai sensibilizar os próprios adeptos para que estes tomem as devidas precauções. «Vão ser feitos testes com os adeptos para que tenham a noção correta de como chegam aos estádios, assim como os circuitos que devem ser utilizados, a sinalética a adotar, as regras de ocupação de lugares e o controlo de bilhética», concluiu.

 

Esta situação será aflorada esta quinta-feira, numa reunião que terá as presenças de representantes da Liga e da Direção Geral da Saúde, bem como do Secretário de Estado da Juventude e do Desporto e do Secretário de Estado da Saúde.

 

Filipe Froes, médico pneumologista e consultor da Liga falou em medidas graduais. «O cenário de progressão da atividade é a única opção viável, sendo que todos os riscos estão a ser acautelados. No estádio, os adeptos estarão de máscara e com uma distância de segurança de dois metros. O risco no estádio é menor», afirmou.

Ler Mais
Comentários (4)

Últimas Notícias