Cerca de um milhão de imigrantes ilegais detidos em apenas um ano

Estados Unidos 08-10-2019 19:10
Por Redação

O número de imigrantes ilegais detidos nas fronteiras entre o México e os Estados Unidos aumentou 88% nos últimos 12 meses, alcançado cerca de um milhão de pessoas, revelou, esta terça-feira, o Governo norte-americano.

 

Para o diretor do Departamento de Alfândega e Proteçao de Fronteirask, Mark Morgan, este crescimento está a revelar-se incomportável: «São números que nenhum sistema de imigração no mundo está preparado para lidar», salientou Mark Morgan, durante uma conferência de imprensa na Casa Branca, na qual divulgou que cerca de um milhão de detenções ocorreram entre outubro de 2018 e setembro de 2019, quando comparado com o mesmo período anterior.

 

Contudo, Mark Morgan defendeu que a estratégia do Governo para travar imigrantes ilegais está a ter resultados, dada a queda verificada nos últimos meses. Em setembro, os guardas da fronteira dos EUA detiveram 52 mil pessoas, menos 65% comparando com o mês de maio, no qual se registou o maior numero de detenções, cerca de 144 mil.

 

A administração Trump tem vindo a consolidar esforços para desincentivar o êxodo das Honduras, Guatemala e El Salvador: «A CBP [organização de controlo fronteiriço dos EUA] continua a colaborar com os nossos parceiros estrangeiros, particularmente o México, El Salvador, Guatemala e Honduras, de forma a tratar esta situação como uma crise regional», referiu Morgan, aos jornalistas.

 

O Governo mexicano aceitou este ano colocar no terreno milhares de militares numa tentativa de travar o número de migrantes que se deslocam para os EUA a partir da América Central, na sequência das ameaças de sanções económicas pelo Governo de Donald Trump.

Ler Mais

Últimas Notícias