Governo não vai encerrar maternidades em Lisboa durante este verão

Saúde 04-07-2019 22:03
Por Redação

O executivo de António Costa não avançará com qualquer plano para o fecho rotativo de quatro urgências com serviços de obstetrícia, na zona de Lisboa, durante este verão.

 

A Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo anunciou, esta quinta-feira, que «todas as urgências das maternidades da Grande Lisboa estarão a funcionar normalmente durante o verão».

 

Mais. «A avaliação das disponibilidades das equipas destes estabelecimentos, cujo esforço se agradece, demonstrou ser possível manter-se a solução de anos transatos, isto é, o funcionamento da referenciação para qualquer um dos serviços de urgência ginecológica e obstétrica, mediante o reforço da contratação de serviços médicos não só nas especialidades de Ginecologia/Obstetrícia, mas também nas de Pediatria e Anestesiologia», pode ler-se no comunicado.

 

«Além disso, as direções clínicas e direções de serviço de urgência das cinco unidades de saúde vão articular semanalmente a necessária afetação de recursos, para que, em cada momento, se possam antecipar eventuais fragilidades decorrentes deste período», acrescenta o documento.

 

No final de junho, Marta Temido, Ministra da Saúde, garantiu que nenhuma maternidade do país ia fechar ««por falta de ginecologistas/obstetras».

 

Ler Mais

Últimas Notícias