PJ detém 17 elementos dos 'Hells Angels' em vários pontos do País

Justiça 21-05-2019 19:34
Por Redação

A Unidade de Contraterrorismo da Polícia Judiciária (PJ) desencadeou, esta terça-feira, uma megaoperação em vários pontos do País para deter 17 elementos do grupo Hells Angels.

 

Em causa «está a criminalidade especialmente violenta e altamente organizada» e as suspeitas de crimes como «tentativa de homicídio, roubo, ofensa à integridade física, danos e associação criminosa».

 

No mesmo comunicado, a PJ adianta que os 17 detidos são homens com idades entre 29 e 52 anos e que a operação insere-se no mesmo inquérito à ordem do qual se encontram, em prisão preventiva, 41 arguidos, desde julho de 2018.

 

Foram executadas dezenas de buscas domiciliárias e não domiciliárias e cumpridos mandados de detenção envolvendo a participação de 150 operacionais de várias unidades da PJ.

Em março de 2018, duas dezenas de elementos do grupo invadiram um restaurante no Prior Velho, concelho de Loures, distrito de Lisboa, para atacar o grupo Red&Gold.

 

Os dois grupos rivais entraram em confrontos no interior do estabelecimento, com facas, paus, barras de ferro e outros objetos.
 

Este episódio de violência levou a PJ a desencadear uma operação a nível nacional e a deter, em julho do ano passado, os primeiros 58 elementos do grupo de motociclistas Hells Angels em Portugal, a que se somou um outro na Alemanha.

 

Já em março deste ano, o Tribunal da Relação de Lisboa manteve em prisão preventiva mais seis elementos do grupo de motociclistas, depois de ter decidido manter a medida a 23 dos outros arguidos, em fevereiro.

 

Com esta decisão do Tribunal da Relação de Lisboa permanecem em prisão preventiva 38 dos 68 arguidos.

 

O inquérito do processo poderá ser alargado até um ano pelo Ministério Público, dada a complexidade do caso.

 

Ainda assim, a acusação terá de ser proferida até julho, já com os elementos detidos esta terça-feira, que serão presentes esta quarta-feira ao tribunal de Instrução Criminal de Lisboa.

 

O grupo Hells Angels existe em Portugal desde 2002 e, desde então, tem sido monitorizado pela polícia.

Ler Mais

Últimas Notícias