Bombeiros profissionais em greve durante duas semanas

País 03-12-2018 17:07
Por Redação

Os bombeiros profissionais vão fazer greve durante duas semanas, de 19 de dezembro a 2 de janeiro, em protesto contra as propostas para regulação do regime de aposentações dos profissionais do setor aprovadas pelo governo, em outubro.

 

O anúncio foi feito em Lisboa, durante a manifestação que decorreu esta segunda-feira.

 

Durante o protesto alguns bombeiros profissionais derrubaram as grades de segurança no meio da Praça do Comércio e deslocaram-se para junto da porta do Ministério da Administração Interna (MAI). 

 

Ao som de sirenes e a gritar “Deixa arder”, os bombeiros foram travados junto da porta do Ministério da Administração Interna por outros bombeiros e policias.

 

O momento de tensão que originou a queda das grades de segurança aconteceu quando uma delegação dos sindicatos tinha ido entregar ao MAI uma resolução aprovada durante a concentração.

 

Da Praça do Comércio, os manifestaram dirigiram-se à Câmara Municipal com o objetivo de entregar uma carta ao presidente da autarquia, Fernando Medina, com os motivos do protesto.

 

Mas como o edil não estava na Câmara de Lisboa, ficou marcada uma reunião entre o autarca e as estruturas sindicais, para as 12.00 horas desta terça-feira.

 

Os sindicatos contestam a proposta apresentada pelo Governo considerando que há uma redução dos salários, passando os bombeiros sapadores a ter uma remuneração em início de carreira equivalente ao salário mínimo nacional.

Ler Mais

Últimas Notícias