Antigo árbitro entre os prisioneiros de guerra trocados pela Rússia

Ucrânia 22.09.2022 17:55
Por Redação

Esta quinta-feira, Rússia e Ucrânia realizaram a maior troca de prisioneiros desde o início da guerra, a 24 de fevereiro. No total, foram 300 as pessoas envolvidas na negociação entre os dois lados beligerantes.


Nas trocas há a registar um antigo árbitro. Dmytro Kubryak estava desde o início do conflito a trabalhar como médico no exército e foi capturado pela Rússia durante uma ofensiva em Mariupol, mas foi libertado, de acordo com a mulher Natalia. Esteve detido como prisioneiro de guerra durante os últimos cinco meses.


Contudo, o nome mais sonante será mesmo o de Viktor Medvedchuk. Oligarca ucraniano pró-russo, e amigo pessoal de Vladimir Putin, foi autorizado a viajar para Rússia por troca de 55 militares do batalhão de Azov. Uma negociação que o presidente da federação russa considerou um sucesso.

Ler Mais
Comentários (0)

Últimas Notícias