Morreu em Londres a pintora Paula Rego

Arte 08.06.2022 12:25
Por Redação

A pintora Paula Rego morreu na manhã desta quarta-feira em Londres, aos 87 anos.


«Paula Rego morreu pacificamente esta manhã, após uma curta doença, em sua casa no norte de Londres, rodeada pela família», anunciou a galeria londrina Victoria Miro.


O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, reagiu à morte da pintora. «Eu tinha estado muito recentemente com o filho na inauguração da exposição em Londres, depois em Haia e em Málaga, em Espanha. Era uma homenagem numa altura em que se sabia que Paula Rego estava já doente, bastante doente», disse à margem no início das comemorações do 10 de junho em Braga. «Há muitas décadas que Paula Rego não é só muito importante em Portugal, em Inglaterra, onde viveu, mas por todo o mundo. É uma perda nacional», acrescentou.


Paula Rego nasceu em janeiro de 1935, em Lisboa e radicou-se em Londres nos anos 70, depois de aí estudar. Foi também em Londres que conheceu o marido, o artista Victor Willing, falecido em 1988. Manteve visitas regulares a Portugal e em 2009 inaugurou um museu com parte da sua obra - a Casa das Histórias, em Cascais.


Ler Mais

Últimas Notícias