Moscovo expulsa cinco funcionários da embaixada portuguesa

País 19-05-2022 11:15
Por Redação

O Ministério dos Negócios Estrangeiros da Rússia anunciou esta quinta-feira que vai expulsar cinco funcionários da embaixada portuguesa, sendo três deles diplomatas. A missão portuguesa é composta por dez funcionários e a embaixadora.

 

De acordo com o Ministério liderado por Sergei Lavrov, a embaixadora de Portugal em Moscovo, Madalena Fischer, foi chamada e informada da expulsão dos diplomatas, que terão 14 dias para deixar a Rússia.

 

Recorde-se que no início de abril Portugal afatou dez funcionáris da missão diplomática russa. «O Ministério dos Negócios Estrangeiros informa que o Governo português notificou o Embaixador da Federação Russa da sua decisão de declarar persona non grata dez funcionários dessa missão diplomática, cujas atividades são contrárias à segurança nacional. Mais se informa que nenhum destes dez elementos é diplomata de carreira», disse na altura o governo, que já reagiu a esta retaliação russa:

 

O Governo português repudia a decisão das autoridades russas, que não tem qualquer justificação que não seja a simples retaliação. Ao contrário dos funcionários russos expulsos de Portugal, estes funcionários nacionais levavam a cabo atividades estritamente diplomáticas, em absoluta conformidade com a Convenção de Viena sobre Relações Diplomáticas.»

Ler Mais

Últimas Notícias