FIFA 21 a €19,99 - o melhor onze do Euro é em 4x2x4 e tem um português

Jogos 15-06-2021 16:28
Por Redação

O Euro-2020 já arranco e com ele as emoções dos jogos com os melhores futebolistas do continente. Para quem gosta de transpor a realidade dos jogos em direto para FIFA 21, A BOLA recorreu a uma equipa de olheiros (estamos a brincar, fomos mesmo nós a fazê-lo) e arriscou-se a fazer um onze com os melhores futebolistas virtuais no mundo real. A tática que escolhemos foi o 4x2x4, porque gostamos de jogar ao ataque e olhando para a linha da frente, convenhamos, não dava para deixar alguém de fora.

 

 

Há um português no onze titular e dois (Bernardo Silva e Rúben Dias) perto do mesmo. Há também ausências de peso, de alguns dos melhores do Mundo que ficaram de fora do Euro (uma delas João Cancelo, que tanto poderia jogar a lateral direito como esquerdo). Mas, bem vistas as coisas, no modo FUT (FIFA Ultimate Team) o único limite é o da nossa imaginação. Vá e o da sorte e do “dinheiro” virtual (FIFA Points)  que temos.

Até dia 22 FIFA 21 (versão standard) estará à venda com desconto na PlayStation Store, por €19,99. Para quem tem pressa de fazer a equipa de sonho, na PlayStation Store estão à venda pacotes de pontos para todos os bolsos. Por €0,99 é possível comprar 100 FIFA Points, por €2,49 compra-se 250 e por aí adiante. 12 mil pontos estão à venda por €99,99! Com eles é garantido que se faz uma super-equipa. Com jeito e alguma sorte, talvez dê para replicar o onze que a equipa d’A BOLA online escolheu.

 

 

Manuel Neuer (89).

O melhor guarda-redes europeu de FIFA 21 é Jan Oblak (91) do Atlético Madrid, mas como a Eslovénia não se apurou para a prova temos de saltar para o quarto melhor do jogo. Sim, porque o segundo, mesmo sendo alemão (Ter Stegen, 90) também falha a competição em virtude de ter sido operado. E o terceiro é o brasileiro Allison. Assim, Manuel Neuer, adversário de Portugal no grupo, é o guarda-redes mais cotado. Rui Patrício, titular na baliza portuguesa, tem 83 pontos.

 

Kimmich (88). Mais um alemão no onze, desta vez na posição de lateral direito. Se é verdade que o inglês Trent Alexander-Arnold tem mais potencial, não há jogador em melhor forma no jogo que o craque do Bayern. João Cancelo é o melhor português (85), mas por causa da Covid-19 saltou dos convocados mesmo antes da estreia. De entre os convocados, destaca-se então Nélson Semedo (81), embora se Fernando Santos tivesse escolhido a lista ao olhar para os rankings do jogo a escolha fosse Ricardo Pereira (85).

 

 

Matts Hummels (87). Ao terceiro jogador cresce a sensação de que FIFA 21 é um jogo de 11 contra 11 e que no final ganha a Alemanha. A verdade é que o central do Dortmund só é titular porque o neerlandês Van Dijk (90) renunciou à competição e porque o espanhol Sergio Ramos (89) não foi convocado por Luis Enrique. Rúben Dias (85) é o melhor central português.

 

Skriniar (86). Finalmente, um não alemão na lista! O 7.º melhor central do jogo (4.º europeu) é da Eslováquia e no jogo com a Polónia foi mesmo eleito melhor em campo. O jogador do Inter tem a mesma pontuação de Laporte. Pepe (81) é o segundo melhor central português, logo seguido por José fonte (80).

 

Robertson (87). O lateral esquerdo do Liverpool é titular na Escócia e o mais cotado nos rankings de FIFA 21 para a posição de lateral esquerdo. Raphael  Guerreiro (83) é o melhor entre os convocados de Fernando Santos.

 

 

De Bruyne (91) – O belga do Manchester City não convence apenas Pep Guardiola. Na verdade, para os criadores de FIFA 21, ele é o melhor médio centro do planeta, a boa distância dos perseguidores. De entre os portugueses – e embora essa não fosse a posição onde o colocaríamos a jogar, destaca-se Bernardo Silva (86), que fará falta a extremo direito, pelo que vamos aqui escolher Rúben Neves (82).

 

Kanté (88). O francês do Chelsea é um fenómeno no meio-campo e FIFA 21 sabe-o bem. Tem pontuação idêntica à do alemão Toni Kroos, mas quando quem pode escolher entre os dois não costuma hesitar. O segundo melhor médio centro português é João Palhinha 82)

 

Sterling (88). O extremo do Manchester City é de entre os europeus o melhor para colocar do lado direito. Rápido e com excelente qualidade de drible, ultrapassa por 1 ponto o alemão Thomas Muller e por dois o melhor português: Bernardo Silva (86).

 

 

Cristiano Ronaldo (92). Finalmente um português e logo na posição onde CR7 mais gosta de jogar. Para o lugar não há melhor que ele. Mbappé (90) é o segundo, mas não fica a perder, pois acaba por entrar na equipa como ponta de lança.

 

Lewandowski (92) – O poderoso ponta-de-lança polaco é o segundo melhor do jogo, atrás de  Messi (93) e igual a Cristiano Ronaldo. Como na e-seleção de e-Fernando e-Santos Ronaldo joga a estremo esquerdo, o lugar de principal avançado é preenchido por André Silva (84).

 

Mbappé (90) – Atacante francês do PSG poderia trocar com Cristiano Ronaldo e jogar a extremo-esquerdo, posição na qual também fica atrás do português. A sua velocidade e capacidade de finalização fazem dele um ponta de lança matador, que todos querem ter. Quem prefere um português, deve virar-se para João Félix (83), que tem um potencial que o coloca entre os melhores de FIFA 21.

 

 

 

Ler Mais

Últimas Notícias