Nioh Remastered: Choque de Samurais e demónios chega à PS5

Jogos 02-03-2021 12:10
Por Redação

O estúdio Team Ninja decidiu trazer para Playstation 5 o remastered de Nioh e Nioh 2. Este estilo de jogo é baseado na fórmula de Dark Souls e tem um grau de dificuldade elevado, ou seja, um erro pode significar a morte e ter de começar tudo de novo. É tipo de «game» de agrado de muitos jogadores, mas que também provoca uma enorme frustração.

 

 

Com a chegada das consolas da nova geração, no caso em questão a PS5, a Team Ninja decidiu trazer os dois jogos de volta. O primeiro saiu há quatro anos e o segundo em 2020.

 

Um dos aspetos mais importantes que a PS5 permite nestes jogos é carregar rapidamente o jogo e quando morres podes voltar rapidamente à ação. O outro aspeto e a resolução subir para 4k e rodar a 120 frames, que melhora substancialmente a jogabilidade, nomeadamente a fluidez de tudo.

 

 

Em Nioh vamos encarnar o papel de William Adam, que está preso no Japão e descobre um terrível plano que está a ser engendrado pelas forças do mal.

 

Vamos ter a possibilidade de ir evoluindo o guerreiro com todo o tipo de equipamento e armas que vamos apanhando quando derrotamos adversários ou em baús espalhados pelos níveis.

 

Um dos aspetos cruciais é nunca deixar de gravar quando surge uma zona que permite, porque assim quando morres e vais morrer, voltas a esse ponto e não ao início do jogo. Nunca arrisquem em matar só mais um, antes de gravar. Nunca.

 

O jogo trás também as expansões que foram lançadas e a possibilidade de jogar com cooperativo é sempre positivo.

 

É também preciso realçar que em termos de jogabilidade Nioh é substancialmente mais acessível do que o segundo capítulo.

 

 

Nioh 2 tem como protagonista Hide, que meio humano e meio monstro, no Japão feudal. O segundo capítulo traz algumas diferenças como a escolha do estilo de armas, principais e secundárias, que o jogador pretende utilizar.

 

Rapidamente o jogador vai perceber que o nível de dificuldades é bastante mais exigente do que anterior e tem logo combates com enormes bestas, que pertencem a este universo místico que vamos explorar. Os confrontos não são nada fáceis de superar e exigem paciência, timing e, às vezes, alguma sorte à mistura.

 

 

Nioh 2 é mais recente e o aumento resolução e frames melhora também o aspeto do mundo criado pela Team Ninja. Impressiona bastante a qualidade dos cenários e os efeitos de luzes presentes nas cenas.

 

A versão da PS5 aproveita a rapidez de carregamento, explora as funções do comando Dualsense, nomeadamente é possível sentir a tensão quando o jogador utilizar, por exemplo, o arco. Em termos sonoros, as capacidades do áudio 3D, para quem tem a possibilidade de utilizar esta função, que aumenta imersão do «gamer».

 

 

No cômputo geral estes dois jogos são perfeitos para os amantes deste estilo, pode agradar a novos jogadores, são jogos longos, com muita coisa para explorar e com uma vasta possibilidade de personalizar o seu guerreiro, a armadura e armas. Não são fáceis, mas a satisfação após derrotar um «boss» monstruoso também é maior do que noutros títulos. Envolve estratégia e paciência, mas a recompensa é sempre elevada.

 

Ler Mais

Últimas Notícias