Miguel Oliveira compara as vitórias e confessa desejo: «Só queria que acabasse»

Moto GP 22-11-2020 18:27
Por Redação

Miguel Oliveira falou esta tarde sobre os sentimentos diferentes nas duas vitórias registadas na temporada, a primeira no GP da Estíria, e este domingo em Portugal.

 

«São vitórias e emoções muito diferentes, na Áustria foi uma ultrapassagem na última curva, muita adrenalina. Aqui não houve batalha, comecei e acabe primieiro, foi preciso gerir as emoções do início ao fim e conseguir ganhar é muito bom», explicou.

 

Recordando a corrida à BT Sport, confessou que foi «longuíssima»: «Ui, foi tão longa! A seis voltas do fim só queria que acabasse, até tinha pequenas gotas de suor na viseira, nem via bem por onde ia, só queria que acabasse.»

 

«É um dia muito feliz, só tinha uma hipótese de ganhar o GP em casa, por isso tive de fazer com que contasse. Espero ter contribuído bem para a Tech3, conseguimos aprender uns com os outros, não podia estar mais satisfeito por sair assim», disse.  

 

Prevendo a próxima época, já na equipa principal da KTM, Miguel Oliveira está contente com a mota: «Agora espero poder pilotar como quero, mas sei que os nosso adversários também não vão estar distraídos este inverno.»

Ler Mais
Comentários (7)

Últimas Notícias