Contrato para vacina Covid-19 ainda em 2020

Estados Unidos 23-07-2020 12:11
Por José Manuel Delgado

A administração Trump anunciou um contrato de quase 2 mil milhões de dólares com o gigante farmacêutico Pfizer e uma pequena empresa alemã de biotecnologia para até 600 milhões de doses de uma vacina Covid-19, devendo as empresas fabricar os primeiros 100 milhões de doses até Dezembro.
 

Ao abrigo do acordo, o governo federal obteria as primeiras 100 milhões de doses por 1,95 mil milhões de dólares, com os direitos de adquirir até 500 milhões de doses mais. Os cidadãos norte-americanos receberiam a vacina gratuitamente. Antes de poder ser distribuída, esta vacina necessitará primeiro de pelo menos uma aprovação de emergência da Food and Drug Administration.
 

Os ensaios de segurança em grande escala deverão começar este mês, com uma revisão regulamentar marcada para já em Outubro.

«Dependendo do sucesso dos ensaios clínicos, este acordo permitirá a entrega de aproximadamente 100 milhões de doses de vacina, em desenvolvimento pela Pfizer e pela BioNTech», disse Alex M. Azar II, o secretário de Estado da Saúde, numa declaração anunciando o acordo.
 

O Departamento de Saúde e Serviços Humanos revelou que este é o maior contrato até agora no âmbito do programa de vacinação, «Operação Velocidade Warp».

Ler Mais

Últimas Notícias