«Vem aí uma bazuca para salvar a economia europeia»

Política 23-04-2020 19:37
Por Redação

O Conselho Europeu aprovou as três linhas de crédito acordadas pelo Eurogrupo, no valor de mais de 500 mil milhões de euros, revelou esta quinta-feira à tarde o primeiro-ministro António Costa.

 

«São linhas que não estão sujeitas a condicionalidades ou programas de ajustamento. Todas as linhas devem estar em vigor até ao dia 1 de junho», acrescentou, sendo que foram aprovadas orientações da Comissão Europeia para o desconfinamento, quer na abertura das fronteiras externas quer internas.

 

Foi também acordada a necessidade de existência de uma estratégia para uma eventual segunda vaga da pandemia. De resto, António Costa disse que foi um Conselho «marcado por grande coincidência de pontos de vista».

 

Pegando na imagem da fisga e da basuca, António Costa acredita que «se tudo se concretizar» vem aí uma «bazuca» para salvar a economia europeia. A Comissão, tal como BCE, falou num montante de 1,5 biliões de euros: «Os detalhes são essenciais. Falta saber quando é que está disponível, qual é o montante que estará disponível e em que condições teremos o acesso. Já sabemos que não será uma fisga. Estamos a discutir se é uma pressão de ar ou se é mesmo uma bazuca», concluiu.

Ler Mais

A PAIXÃO CONTINUA EM CASA


O momento particular que vivemos determina a permanência das pessoas em casa além do fecho de todas as lojas comerciais alterando dramaticamente os hábitos das pessoas no que toca à leitura e ao acesso à informação.

Neste momento de grandes dificuldades para todos, estamos a trabalhar a 100% para continuar a fazer-lhe companhia todos os dias com o seu jornal A Bola , o site ABOLA.pt e no canal A Bola Tv.

Mas este trabalho só vale a pena se chegar aos seus clientes de sempre sem os quais não faz sentido nem é economicamente sustentável.

Para tanto precisamos que esteja connosco, que nos faça companhia, assinando a versão digital de A Bola e aproveitando a nossa campanha de assinaturas.

ASSINE JÁ

Últimas Notícias