‘Rockets’ atingem base de tropas da coligação em Bagdade

Iraque 16-02-2020 17:59
Por Redação

Pelo menos quatro 'rockets' atingiram, este domingo, o centro de Bagdade, nomeadamente uma base iraquiana com tropas da coligação internacional liderada pelos EUA, sem, porém, causar mortos ou danos materiais significativos.

 

«Quatro foguetes Katiusha atingiram a capital Bagdade. Três deles caíram na Zona Verde (zona protegida militarmente e onde se encontram as embaixadas)», afirmou o Gabinete de Informação de Segurança do Governo do Iraque, de acordo com a agência de notícias EFE.

 

Já segundo a agência de notícias AFP, um rocket caiu nas proximidades da embaixada dos EUA, na Zona Verde.

 

O quarto caiu numa sede do grupo armado xiita pró-Irão Mobilização Popular (Al-Hashd Al-Sha'abi), no leste da capital.

 

Nos últimos meses, houve vários ataques com rockets contra bases militares iraquianas com a presença de tropas estrangeiras em Bagdade e outras partes do norte do país, mas nenhuma organização assumiu a responsabilidade.

 

Na sexta-feira, um número indeterminado de foguetes atingiu a base militar K1, em Kirkuk, no norte do Iraque, a mesma onde, a 27 de dezembro, um empresário norte-americano morreu durante um ataque que provocou mais uma escalada de tensão no Médio Oriente.

 

Porém, a escalada de tensão teve como momento mais alto a 3 de Janeiro, na sequência de ataque norte-americano a Bagdade e no qual o poderoso general iraniano Qassem Soleimani e o número dois da Mobilização Popular, Abu Mahdi al-Mohandes, foram mortos.

Ler Mais

A PAIXÃO CONTINUA EM CASA


O momento particular que vivemos determina a permanência das pessoas em casa além do fecho de todas as lojas comerciais alterando dramaticamente os hábitos das pessoas no que toca à leitura e ao acesso à informação.

Neste momento de grandes dificuldades para todos, estamos a trabalhar a 100% para continuar a fazer-lhe companhia todos os dias com o seu jornal A Bola , o site ABOLA.pt e no canal A Bola Tv.

Mas este trabalho só vale a pena se chegar aos seus clientes de sempre sem os quais não faz sentido nem é economicamente sustentável.

Para tanto precisamos que esteja connosco, que nos faça companhia, assinando a versão digital de A Bola e aproveitando a nossa campanha de assinaturas.

ASSINE JÁ

Últimas Notícias