Parque Urbano começou a nascer na Praça de Espanha

Lisboa 13-01-2020 17:41
Por Redação

O trânsito na Praça de Espanha, em Lisboa, começou a sofrer algumas alterações esta segunda-feira. No local, «vai nascer um jardim», segundo destaca a Câmara Municipal de Lisboa (CML).

 

O novo Parque Urbano da Praça de Espanha, que, segundo a CML, vai ter mais de seis hectares, «vai obrigar a obras na zona durante os próximos 10 meses».

 

A partir desta segunda-feira, dá-se o encerramento da circulação no movimento que circunda o jardim, no sentido Avenida Calouste Gulbenkian-Avenida dos Combatentes.

 

Também a paragem da Transportes a Sul do Tejo (TST) no mesmo sentido vai ser «suprimida». - em alternativa, «deverá ser usada a paragem anterior, sob o viaduto da Avenida José Malhoa», avança a CML.

 

Também o acesso a ambulâncias e viaturas de transporte de doentes do Instituto Português de Oncologia (IPO) passa a ser garantido a partir da Avenida dos Combatentes.

 

Durante a manhã desta segunda-feira, o vereador da mobilidade da CML, Miguel Gaspar, explicou, no Facebook que «vai-se cortar hoje a viragem à esquerda de quem sobe a Avenida Calouste Gulbenkian e vira quer para a Columbano, quer para os Combatentes».

 

Como vias alternativas, o vereador destaca a Rua de Campolide, o Eixo Norte/Sul e a Segunda Circular.

 

«A nova configuração vai permitir o acesso a uma importante área verde e de lazer. Além de um espaço dedicado à rede clicável, será recuperada a ligação pedonal entre a Gulbenkian e Sete Rios», acrescenta a autarquia.

Ler Mais

Últimas Notícias