Caretos de Podence são Património Cultural Imaterial da Humanidade

Cultura 12-12-2019 17:11
Por Redação

Os Caretos de Podence foram, esta quinta-feira, declarados Património Cultural Imaterial da Humanidade pela UNESCO (Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura).

 

Os Caretos de Podence marcam a folia de Carnaval no nordeste transmontano com fatos coloridos e farfalhudos, máscaras de ferro ou lata, chocalhos à cintura e um pau para amparar as tropelias.

E

m toda a região de Trás-os-Montes há Caretos, todavia, os de Podence distinguem-se dos restantes pelo chocalho, daí o nome da festa ser ‘Entrudo Chocalheiro’.

É apontado pela UNESCO como «o mais genuíno carnaval português».

As ruidosas manifestações dos Caretos atraem, durante quatro dias, à aldeia de Podence, concelho transmontano de Macedo de Cavaleiros, Bragança, com cerca de 180 habitantes, milhares de portugueses e estrangeiros.

Os Caretos de Podence são dos mais mediáticos da região e já inspiraram vários documentários sobre estas festas, o mais antigo dos quais de 1976, da autoria de Noémia Delgado, com o título ‘Máscaras’.

Dias antes do início da reunião do comité da UNESCO, em Bogotá, na Colômbia, a banda portuguesa Quinta do Bill divulgou uma canção que criou para os Caretos de Podence e que serve de hino na caminhada para Património da Humanidade.

 

As 'Festas de Inverno Carnaval de Podence' foram a única candidatura selecionada pelo Governo português para representar Portugal na XIV reunião do Comité Internacional da UNESCO.

Ler Mais

A PAIXÃO CONTINUA EM CASA


O momento particular que vivemos determina a permanência das pessoas em casa além do fecho de todas as lojas comerciais alterando dramaticamente os hábitos das pessoas no que toca à leitura e ao acesso à informação.

Neste momento de grandes dificuldades para todos, estamos a trabalhar a 100% para continuar a fazer-lhe companhia todos os dias com o seu jornal A Bola , o site ABOLA.pt e no canal A Bola Tv.

Mas este trabalho só vale a pena se chegar aos seus clientes de sempre sem os quais não faz sentido nem é economicamente sustentável.

Para tanto precisamos que esteja connosco, que nos faça companhia, assinando a versão digital de A Bola e aproveitando a nossa campanha de assinaturas.

ASSINE JÁ

Últimas Notícias