Fórmula E: Nyck de Vries e Mercedes campeões

Automobilismo 15-08-2021 16:23
Por José Caetano

A Mercedes não ganha só na Fórmula 1! A marca alemã venceu o primeiro Mundial de Fórmula E, campeonato de monolugares elétricos que ganhou este estatuto apenas este ano, na Época 7. E somou-lhe o título de pilotos, com o holandês Nyck de Vries, vencedor da Fórmula 2 em 2019, a suceder na galeria de campeões a António Félix da Costa.

 

O piloto português da DS Techeetah, formação que não conseguiu o terceiro título consecutivo de equipas, iniciou a ronda final da época na corrida à vitória, mas não concluiu o 15.º ePrix, devido a colisão com o brasileiro Lucas di Grassi, da Audi, e acabou a temporada na 8.ª posição, com 86 pontos, menos 99 do que o primeiro classificado.

 

Nyck de Vries terminou a corrida no circuito desenhado no Aeroporto de Tempelhof, em Berlim, na Alemanha, na 8.ª posição, somando pontos mais do que suficientes para proteger a primeira posição no campeonato. O francês Norman Nato, da Venturi, equipa com uma unidade de potência elétrica da… Mercedes, venceu o ePrix, à frente do britânico Oliver Rowland, da Nissan, e do belga Stoffel Vandoorne, da Mercedes.

 

Nato estreou-se a ganhar na Fórmula E numa época com 11 vencedores em 15 ePrix (!) e 20 pilotos com pódios. Em Berlim, Audi e BMW despediram-se de campeonato com muitas novidades em preparação para 2022, com a admissão de equipas novas e entradas e saídas no «plantel» de pilotos. O «mercado» vive período de movimentação fora do normal, com António Félix da Costa entre os «agitadores», por não existir certeza de continuidade na DS Techeetah, uma formação que também poderá passar por mudanças.

 

Classificação do ePrix 15

1.º Norman Nato, Rokit Venturi Racing, 36 voltas

2.º Oliver Rowland, Nissan e.dams, +2,270 s

3.º Stoffel Vandoorne, Mercedes-EQ, +2,837 s

4.º André Lotterer, TAG Heuer Porsche, +7,105 s

5.º Alexander Sims, Mahindra Racing, +8,453 s

6.º Pascal Wehrlein, TAG Heuer Porsche, +8,847 s

7.º Sam Bird, Jaguar Racing, +10,473 s

8.º Nyck de Vries, Mercedes-EQ, +11,108 s

9.º René Rast, Audi Sport ABT Schaeffler, +12,189 s

10.º Tom Blomqvist, NIO 333, +12,679 s

11.º Jean-Éric Vergne, DS Techeetah, +13,437 s

12.º Robin Frijns, Envision Virgin Racing, +13,748 s

13.º Alexander Lynn, Mahindra Racing, +14,366 s

14.º Sébastien Buemi, Nissan e.dams, +14,692 s

15.º Maximilian Günther, BMW i Andretti Motorsport, +15,528 s

16.º Joel Eriksson, Dragon/Penske Autosport, +15,940 s

17.º Nick Cassidy, Envision Virgin Racing, +16,306 s

18.º Sérgio Sette Câmara, Dragon/Penske Autosport, +16,961

19.º Oliver Turvey, NIO 333, +21,076 s

20.º Lucas di Grassi, Audi Sport ABT Schaeffler, +35,155 s

 

Mundial de Pilotos

1.º Nyck de Vries, 99 pontos

2.º Edoardo Mortara, 92 pontos

3.º Jake Dennis, 91 pontos

4.º Mitch Evans, 90 pontos

5.º Robin Frijns, 89 pontos

6.º Sam Bird, 87 pontos

7.º Lucas di Grassi, 87 pontos

8.º ANTÓNIO FÉLIX DA COSTA, 86 pontos

9.º Stoffel Vandoorne, 82 pontos

10.º Jean-Éric Vergne, 80 pontos

11.º Pascal Wehrlein, 79 pontos

12.º Alexander Lynn, 78 pontos

13.º René Rast, 78 pontos

14.º Oliver Rowland, 77 pontos

15.º Nick Cassidy, 76 pontos

16.º Maximilian Günther, 66 pontos

17.º André Lotterer, 58 pontos

18.º Norman Nato, 54 pontos

19.º Alexander Sims, 54 pontos

20.º Nico Müller, 30 pontos

21.º Sébastien Buemi, 20 pontos

22.º Sérgio Sette Câmara, 16 pontos

23.º Oliver Turvey, 13 pontos

24.º Tom Blomqvist, 6 pontos

 

Mundial de Equipas

1.º Mercedes-EQ, 183 pontos

2.º Jaguar Racing, 172 pontos

3.º DS Techeetah, 170 pontos

4.º Audi Sport ABT Schaeffler, 165 pontos

5.º Envision Virgin Racing, 165 pontos

6.º BMW i Andretti Motorsport, 157 pontos

7.º Rokit Venturi Racing, 146 pontos

8.º TAG Heuer Porsche, 137 pontos

9.º Mahindra Racing, 132 pontos

10.º Nissan e.dams, 97 pontos

11.º Dragon/Penske Autosport, 47 pontos

12.º NIO 333, 18 pontos

Ler Mais
Comentários (0)

Últimas Notícias

Mundos