Está garantido: Grande Prémio de Portugal em Portimão a 2 de maio!

Fórmula 1 10-02-2021 11:58
Por José Caetano

A informação carece de confirmação oficial, a cargo do promotor do campeonato, mas o Circuito de Portimão e o Grande Prémio de Portugal, depois de muitas indecisões, tanto devido ao desenvolvimento da pandemia da COVID-19 no nosso País como a exigência de apoios públicos para a organização da corrida, foram mesmo incluídos no calendário do Mundial de 2021. A prova realizar-se-á no dia 2 de maio, data vaga no campeonato!

 

Amanhã, durante reunião da Comissão da Fórmula 1, o promotor do Mundial, a Liberty Media, comunicará a decisão às 10 equipas que participam no campeonato. A Federação Internacional do Automóvel (FIA) concorda com plano otimista, por confiar (muito) no sucesso de Portugal ganhar o combate à COVID-19, controlando a pandemia, durante as próximas semanas. Atualmente, existem muitas restrições de viagem para o nosso país a partir do Reino Unido, onde estão instalados os quartéis-generais da maioria das equipas participantes no campeonato.

 

Mas, mesmo mantendo-se a obrigatoriedade de uma quarentena nas viagens de regresso ao Reino Unido a partir de Portugal, país que inclui a «lista vermelha» de restrições dos britânicos – hoje, conheceu-se mesmo o risco de penas de prisão para todos os cidadãos residentes na Grã-Bretanha e Irlanda do Norte que ocultem deslocações ao nosso País –, o Grande Prémio de Portugal realizar-se-á sete dias antes do de Espanha, o que significa que as equipas deslocar-se-ão, diretamente, de Portimão para Barcelona e, pretendendo-o, regressão às bases mais de 10 dias depois da passagem pelo Algarve, o que elimina a necessidade de 10 dias de isolamento em hotel no regresso a Inglaterra.

 

Amanhã, além da comunicação da decisão sobre a versão final do calendário de 2021, a Comissão de Fórmula 1 decidirá, também, sobre a introdução (experimental) de corridas de ‘sprint’ nalgumas etapas do Campeonato do Mundo, na véspera dos grandes prémios, e o congelamento o desenvolvimento dos motores em 2022, o ano da estreia de geração nova de monolugares na Fórmula 1.

 

O Grande Prémio de Portugal, depois de abandonada a hipótese de repetir o de Sakhir a 4 de abril, apenas uma semana depois do arranque da temporada, no mesmo circuito, no Bahrein, será o terceiro do Mundial de 2021. Antes, a 18 de abril, em Imola, realizar-se-à, pelo segundo ano consecutivo, o da Emilia-Romanha (Itália). Este ano, na 72.ª edição do campeonato, número recorde de corridas: 23.

 

Até 2 de maio, no Autódromo Internacional do Algarve (AIA), como A BOLA informou oportunamente, mais duas corridas muito mediáticas: as 8 Horas de Portimão, primeira etapa do Mundial de Resistência (WEC) de 2021, 'maratona' que tem a particularidade de coincidir com a estreia dos hipercarros na categoria principal do campeonato, em substituição dos LMP1, e o Grande Prémio de Portugal de Motociclismo, com a 3.ª ronda do MotoGP de 2021, que tem arranque marcado para 28 de março, em Losail, no Catar. A primeira está marcada para 4 de abril e a segunda para 10 de abril.

 

Nesta momento, a dúvida maior é a presença de público nas bancadas do AIA tanto no WEC como no MotoGP ou na Fórmula 1.

Ler Mais
Comentários (16)

Últimas Notícias

Mundos