Romain Grosjean no IndyCar

Fórmula 1 04-02-2021 12:03
Por José Caetano

Romain Grosjean encontrou rumo novo para a carreira desportiva, após ponto final na ligação à Haas no Mundial de Fórmula 1, que acabou de forma precoce, depois de acidente tão espetacular como violento pouco depois do início da antepenúltima ronda do campeonato de 2020, em Sakhir, no Bahrein – o piloto, na sequência de toque no AlphaTauri de Daniil Kvyat, perdeu o controlo do monolugar, que acabou por embater nas barreiras metálicas de proteção do circuito, explodindo e partindo-se em dois, com o francês a conseguir abandonar o cockpit, no meio de bola de fogo, com ferimentos só nas mãos e nos tornozelos. Aos 34 anos, o francês muda-se para o América do Norte e o IndyCar!

 

No campeonato norte-americano, Grosjan, ao volante de um Dallara-Honda da equipa Dale Coyne Racing inscrito pela Rick Ware Racing, participará apenas em corridas nos circuitos citadinos e convencionais, deixando fora do programa todos os grandes prémios em ovais, nomeadamente as ‘superspeedways’ de Indianápolis e do Texas, o que significa ‘falta de comparência’ à edição 105 das 500 Milhas.

 

Na Fórmula 1, Grosjean somou 109 corridas em 10 temporadas, após a estreia no Grande Prémio da Europa de 2009 (Valência), com a Renault. Depois, Romain esteve quatro temporadas na Lotus e, depois, em 2015, mudou-se para a Haas, onde cumpriu cinco épocas. No currículo, 10 pódios (2.º no Canadá-2012 e nos EUA-2013) e uma volta mais rápida.

 

«Tinha diversas opções para 2021, mas a prioridade foi sempre o IndyCar. Estou muito entusiasmado com esta oportunidade de competir nos EUA e num campeonato tão excitante. Por isso, teoricamente, oferece-me a possibilidade de regressar às lutas por pódios e vitórias. A minha mão esquerda ainda não está totalmente recuperada, mas sinto-me preparado para regressar à ação e começar um capítulo novo na minha carreira», disse Romain Grosjean, que também admite a possibilidade de regressar à Fórmula 1, incluindo na condição de piloto de reserva e testes.

 

No calendário do IndyCar de 2021, 17 corridas, incluindo quatro em ovais – 500 Milhas de Indianápolis marcadas para 30 de maio, duas semanas depois da ronda no campeonato no circuito de grande prémio da ‘superspeedway’ no estado do Indiana, que contará com Grosjean na grelha de partida. O campeonato tem arranque planeado para 18 de abril, no Barber Motorsports Park de Birmingham, no Alabama.

Ler Mais
Comentários (1)

Últimas Notícias

Mundos