Mundial de 2021: Imola no calendário novo, Portugal (ainda) não

Fórmula 1 12-01-2021 13:23
Por José Caetano

 

A Fórmula 1, depois de confrontada com a impossibilidade de realização das corridas na Austrália e na China nas datas planeadas (respetivamente, 21 de março e 11 de abril), anunciou calendário novo para o Mundial, que ainda necessita de luz verde do Conselho Mundial da Federação Internacional do Automóvel (FIA). Confirma-se o arranque da temporada em Sakhir, no Bahrein, a 28 de março, a organização de uma segunda corrida em Itália, com o Grande Prémio da Emília-Romanha, em Imola, marcado para 18 de abril, como primeira ronda da etapa europeia do campeonato, e mantém-se uma vaga em aberto, a 2 de maio, com Portugal e o Circuito de Portimão na ‘pole position’ para preenchê-la.

 

No calendário novo, o Grande Prémio da Austrália, no Albert Park de Melbourne, aparece como antepenúltima etapa de Mundial que mantém 23 corridas, a 21 de novembro, ‘encaixando-se’ entre o Brasil (7 de novembro) e a estreia da Arábia Sudita no campeonato, em Jeddah (5 de dezembro). A Fórmula 1 não confirmou Portimão, mas conhece-se o estatuto de circuito de reserva do Autódromo Internacional do Algarve (AIA) e Istambul (Turquia) não é alternativa, devido ao Ramadão, festa islâmica que decorrerá de 12 de abril a 12 de maio em 2021. O Grande Prémio de Portugal, confirmando-se a data de 2 de maio, realizar-se-á sete dias antes do de Espanha, no Circuito da Catalunha-Barcelona, o que facilitará todas as atividades logísticas associadas tanto à montagem da organização como às deslocações das equipas.

 

A mudança de data do Grande Prémio da Austrália obrigou a mais alterações no calendário, que afetaram Brasil (a corrida em São Paulo estava marcada para 14 de novembro), Arábia Saudita (28 de novembro) e Abu Dhabi (5 de dezembro), com o Mundial a acabar sete dias mais tarde do que o programado originalmente, com a corrida final da temporada a realizar-se apenas no dia 12 de dezembro, um dia mais cedo do que aconteceu em 2020.

 

“A pandemia não permite, ainda, um regresso à normalidade, mas demonstrámos em 2020 que conseguimos adaptar-nos a uma realidade que muda quase de dia para dia e competirmos em segurança», disse o novo diretor-geral da Fórmula 1, Stefano Domenicalli. “Temos uma data nova para a Austrália, continuamos a conversar com os nossos parceiros na China para encontrarmos uma solução e mantemos os planos para a organização de 23 corridas em 2021», concluiu o italiano, que também tem o regresso dos espectadores às bancadas como prioridade e prometeu para «breve» o anúncio do grande prémio a realizar no dia 4 de maio.

 

Mas, Portimão não está na corrida apenas à Fórmula 1… O AIA também trabalha na organização de corrida do Mundial de Velocidade (MotoGP), que também tem vaga no calendário com 20 corridas, entre a Finlândia (11 de julho) e Áustria (15 de agosto). Uma certeza: confirmando-se a organização, o Grande Prémio de Portugal não poderá realizar-se no dia 18 de julho, data reservada para etapa do campeonato de corridas de 24 Horas Hankook organizado pela Creventic. No entanto, neste caso, calendário mais livre, considerando até que o final da época está programado para 14 de abril, em Valência (Espanha). Em 2020, o AIA encerrou a temporada, com corrida realizada sete dias depois da etapa valenciana.

 

No MotoGP, existem mais dois países de ‘reserva’: Indonésia e Rússia.

 

Calendário novo do Mundial de Fórmula 1:

28 de março: Bahrein

18 de abril: Emília-Romanha

2 de maio: por anunciar

9 de maio: Espanha

23 de maio: Mónaco

6 de junho: Azerbaijão

13 de junho: Canadá

27 de junho: França

4 de julho: Áustria

18 de julho: Grã-Bretanha

1 de agosto: Hungria

29 de agosto: Bélgica

5 de setembro: Países Baixos

12 de setembro: Itália

26 de setembro: Rússia

3 de outubro: Singapura

10 de outubro: Japão

24 de outubro: EUA

31 de outubro: México

7 de novembro: Brasil

21 de novembro: Austrália

5 de dezembro: Arábia Saudita

12 de dezembro: Abu Dhabi

 

Calendário do MotoGP:

28 de março: Qatar

11 de abril: Argentina

18 de abril: EUA

2 de maio: Espanha

16 de maio: França

30 de maio: Itália

6 de junho: Catalunha

20 de junho: Alemanha

27 de junho: Países Baixos

11 de julho: Finlândia

Grande Prémio por anunciar

15 de agosto: Áustria

29 de agosto: Grã-Bretanha

12 de setembro: Aragão

19 de setembro: São Marino

3 de outubro: Japão

10 de outubro: Tailândia

24 de outubro: Austrália

31 de outubro: Malásia

14 de novembro: Valência

 

Ler Mais
Comentários (1)

Últimas Notícias

Mundos